Poucas dicas de Buenos Aires: Parte 3 - A Estada



Olás!

Acima um vídeo que meu marido gravou do jantar de tango que fomos. O congresso organizou uma noite de tango no Café Librero na Biblioteca Nacional, onde era o congresso. Além da música, um casal fez sua performance em 4 ou 5 músicas. Fiquei apaixonada! Quanta sensualidade, paixão e beleza! Não deixe de ir a um show de tango em Buenos Aires!!!!

Bom, as outras dicas são de lugares que fui e onde fiquei hospedada.

Hotel

Fiquei no Hotel Recoleta na José León Pagano 2684 no bairro Recoleta (site do hotel aqui). Este é um bairro chique de Buenos Aires, segundo meu amigo argentino Botta. O hotel não foi escolhido pelo preço, mas pela localização: ele fica muito próximo da Biblioteca Nacional, onde era o congresso. Se vcs olharem as fotos dos quartos no site, vão ter medo, como eu tive: parece um muquifo. E de fato, os móveis são aqueles mesmos, mas é tudo muito limpo, o pessoal é super atencioso e o café da manhã, simples e gostoso. Ele fica em torno de R$120,00 para duas pessoas. Não é super barato, mas serviu ao seu propósito.

Av. Santa Fé

É uma avenida que se assemelha muito a Brigadeiro Faria Lima de SP: só lojas chiques. Tem alguns restaurantes lá, e até fomos a um que tinha parrilla - muito bom por sinal - mas não é o forte desta rua. Legal para passear! O bairro? Acho que está entre Recoleta e Retiro.

Puerto Madero

Este é outro lugar que não dá pra não ir! Região revitalizada do porto à beira do rio, com vários restaurantes legais pra ir: servem carne, obviamente, além de massas, peixes, comida da Patagônia (!!)... Nós fomos na Churrascaria Spettus, que é rodízio e é brasileira. Apesar de ser brasileira, a carne é argentina, e posso dizer por experiência que no Brasil é difícil o local que tem carne daquela qualidade. É a carne da região do Pampa, uma das melhores do mundo, se não a melhor. Não é a toa que o churrasco argentino é tão conhecido na Europa e EUA.

O lugar é caro - R$60,00 por pessoa - mas vale muito a pena. Pedimos um vinho, por indicação do garçom, que era fantástico: Malbec Malma. Pena que não compramos pra trazer pra cá...

Táxis

Como a Samantha me lembrou aqui, são muito baratos, e ótimas opções de locomoção. O que nos disseram (pessoal local) era para sempre pegar os "Rádio Táxis". Pelo jeito estes são os confiáveis.

Como eu disse, foram poucos lugares que eu pude visitar, devido ao congresso. É claro que fiquei com a sensação de "quero mais"! Quem sabe no futuro???

Num próximo post, vou falar somente da Farmacity, a farmácia que vende coisas que desejamos...

Beijos

Comentários

Anita disse…
Conhecer a Argentina está nos meus sonhos de viagem , adorei as dicas.
Dáfni disse…
Anita, vale a pena! E vá com tempo, não como eu, que tive que aproveitar as horas vagas do congresso pra poder ver alguma coisa...

Beijos
Pri Sganzerla disse…
Ai que vontade! Tantas coisas interessantes pra conhecer, lugares, culinária local... Viajar é tão bom!

Dizem que essa Farmacity é um sonho e tem de tudo lá dentro! Tão prático isso! Por que não se inspiram e fazem algo do gênero por aqui, né? Aguardando seu post sobre ela! :-)

Beijos!
Dáfni disse…
Pri, é bom mesmo! Adoro, mas gosto muito também de chegar em casa, e desta vez eu estava um pouco cansada, sabe?

Parece que a Drogaria Iguatemi é mais ou menos como a Farmacity, mas não entrei lá ainda. Tem bastante coisa sim, mas achei que tinha mais... acho que hoje sai o post!

Beijos
Ai que overdose de Buenos Aires, e o mais legal é que vc está compartilhando tintim por tintim, que acho que é assim que deve ser um relato de uma viagem, com detalhes das experiências e o toque pessoal.
E que vontade de dançar tango, mas primeiro preciso aprender. Embora o molejo e graça no corpo não tenham sido itens de série no meu ano de fabricação. Nem com a dança do ventre eu adquiri.
E você, arriscou alguns passos?
Beijinhos!
Dáfni disse…
Carlinha, achei importante dizer algumas coisas que facilitam a viagem. Tem muita coisa que eu até esqueci de falar (e vou deixar assim, porque chega de post deste assunto! - rs), mas o essencial deve estar aí...

Eu também morri de vontade de dançar tango. E o mais engraçado é que ontem eu vi um filme com o Banderas, que ele é um professor de dança e vai ensinar numa escola de subúrbio, e uma hora ele dança com uma mulher... ai, ai... calorão subiu! (rs)

Fiquei tão empolgada com a dança que vi lá em Buenos Aires que pensei em tentar fazer aulas (se tiver aqui neste fim de mundo). Coordenação eu não tenho, muito menos par - o Daniel não gosta de dançar. Mas seria uma distração legal!

Beijos
Aninha disse…
Ai, que lindo!!!
Eu amo dança e acho tango fascinante!!
Eu até fiz umas aulinhas, mas só o básico!
Bjo
Dáfni disse…
Sério que vc sabe uns passos de tango? Deve ser muito legal saber dançar, né?

Beijos
Brooksfield disse…
1.Precisar entrar em contato. Rodolfo.kano @ hotmail.com

2. Brooksfield Recoleta, o melhor preço que você pode encontrar em Buenos Aires.

Brooksfield está localizado na avenida Santa Fe 1633, o maior centro comercial em Buenos Aires cofre e escolhendo os argentinos.
Só nesta avenida que você pode encontrar as melhores marcas - Nike, Puma, Adidas, Lacoste, La Martina e roupas de couro para o local homens e mulheres - com o melhor preço ao longo do ano .... é um Shopping "em aberto".
Os preços das ações Brooksfield 2010: Polo R$ 75, R$ 120 Jeans, camisa de manga longa R$ 130, T-shirts R$ 48 , R$ 100 camisolas, boxers R$ 25 , R$ 120 Ténis.-
Obrigado Rodolfo Kano
BrooksfieldRecoleta@hotmail.com
Julia Barra disse…
Nossa! Esse hotel realmente é bom, é limpo e a staff é super gentil! No bairro mais chique de BsAs.. adorei quando fui, mas recomendo muito o albergue que me hospedei da primeira ida à Buenos Aires,na Av. Belgrano, chama-se Rayuela! Lindo e com bom café da manhã, staff jovem e perto de TUDO.
Dáfni disse…
@Julia Barra

Vou anotar sua dica! Obrogada por compartilhar! :)

Beijos

Postagens mais visitadas