O que eu aprendi lendo blogs de beleza/maquiagem

Olás!

Motivada pelos comentários da Priscila e da Lis (para ver, clica nos nomes), eu resolvi colocar em dois posts as minhas percepções e opiniões como leitora de blogs de beleza e como blogueira. Neste post, vou falar da minha primeira função: leitora. Que ninguém interprete isso como "guia de como ler blogs de beleza" ou diretriz para coisa nenhuma; são apenas relatos da minha experiência de alguns meses de leitura e blogging.

Início

É interessante lembrar da minha entrada na blogosfera belezística: foi mais ou menos em setembro do ano passado. Os motivos, eu não consigo lembrar muito bem. Talvez eu estava procurando alguma coisa no Google e caí em um blog, e fui conhecendo outros; talvez seja outra coisa. De qualquer forma, não importa muito. O que importa é que, desde então, a minha permanência neste mundo virtual é cada vez mais acentuada. De leitora, rapidamente, virei blogueira - acho que as duas coisas nasceram juntas. E de leitora de 5 blogs, hoje devo ler mais de 100.

Lembro perfeitamente que um dos primeiros blogs que eu segui e li foi o da Carlinha, do Eu Acredito em Cosméticos. A Carlinha, desde o início, parecia já uma pessoa experiente, porque só depois eu descobri que começamos quase juntas a blogar! Através das resenhas dela, e das dicas, fiquei estimulada a procurar outros blogs. Enfim, só um dado histórico!

Seguir, não seguir...

No início, eu segui blogs que hoje não sigo mais. Fui montando, durante os meses seguintes, uma lista de blogs que eu me identificava, e me desvinculando de outros que a identificação não acontecia. Tendo um tempo limitado para este tipo de atividade, eu não posso simplesmente ler tudo, tem que haver seleção. Afinal de contas, a blogosfera é uma parte da vida real, e na vida real a gente escolhe as pessoas com as quais vai se relacionar. Ainda continuo a fazer "testes" com blogs que encontro: por exemplo, leio o blog por um mês. Se no final deste mês eu achar que o blog não apresenta conteúdo que me interesse tanto, acabo me desligando. Isso porque eu tenho uma conta do Google Reader, e é através dele que eu faço as leituras. A coisa que me deixa mais angustiada é abrir o leitor e ver 200 postagens não lidas! Juro, fico ansiosa, porque a princípio, estas leituras são dos blogs que escolhi ler por algum critério. E então, para que dentre estas leituras, só fiquem as indispensáveis e que mais me apetecem, eu administro minhas inscrições constantemente.

Mas isso não significa que eu coloco os blogs que não me interessam no "meu livrinho preto das coisas que não prestam", de forma alguma! Há blogs que têm 5000 seguidores e eu não leio. Estou eu certa ou as outras 5000 pessoas? Todo mundo, porque eu estou certa em não ler porque não me agrada, e as outras 5000 pessoas estão certas em ler porque as agrada. Com gosto não existe a "ditadura da maioria"; gosto é algo intrínseco de cada um, que pode ser moldado, mas no fim das contas o que vale é o prazer que aquela coisa nos traz. Não existe certo e errado em matéria de gostos; existe o que é certo pra mim e o que é errado pra mim. Pros outros a coisa pode ser completamente diferente.

Sendo assim, seguir e não seguir é uma escolha puramente pessoal. Exemplo: já parei de seguir blogs por causa do caráter da blogueira, por um comentário que eu achei de última. Mas eu não vou lá xingar ela; eu simplesmente aperto o botão de "não seguir mais". É direito dela expressar-se da forma como se expressa, e meu de não gostar. Expressar nos comentários que não gostei de uma posição é algo que eu faço de vez em quando, em geral quando não decido que aquilo é motivo para eu não seguir mais e, ao mesmo tempo, acho que devo dizer o que penso. Fazendo isso com respeito, acho muito válido.

Comentários e reciprocidade

Aqui vem mais ou menos as reflexões que eu fiz por causa dos comentários da Priscila e da Lis, mas da perspectiva de leitora de blogs. Reciprocidade é um dos elos mais importantes para a evolução do ser humano. Não é a toa que a gente gosta tanto de reciprocidade, pois este conceito é parte da natureza humana. Devo dizer que concordo com as colocações da Priscila e da Lis, que reclamam da falta de reciprocidade (minha, de outros blogs, enfim...), pois é fato que a gente se sente chateada por não receber resposta, nem ao menos um "legal". Inclusive, como colocado pela Priscila, é muito natural que a gente nem queira mais comentar, afinal de contas nunca somos respondidas, então qual o objetivo?

No entanto, devo dizer que eu tenho trabalhado da seguinte forma esta questão da reciprocidade: não esquentar. Por quê? Bom, há casos e casos, e o que vou falar aqui é como leitora. No caso de blogs mainstream, eu sinceramente não espero nenhuma resposta, porque vejo que há 60 comentários naquele post, e se o blog publica 3 postagens por dia, são 180 comentários. É inevitável que a blogueira esqueça de responder algum comentário, ou não responda nenhum, ou só o que tenha perguntas. Eu mesma já publiquei comentários que nunca tiveram resposta. Como a Priscila, comento menos, porque se eu não tenho resposta, pra que comentar? Mas já tive grandes surpresas, em que eu achava que não iria ter resposta e teve. Exemplos concretos disso: do Trendy Twins, do Vende na Farmácia?, do Dia de beauté.

E os que não são mainstream, ou seja, os blogs "pequenos"? Ajo da mesma forma! Sei lá, acho difícil eu julgar alguma coisa que eu não tenho todas as variáveis. Muitas vezes, eu acabo me desligando do blog, mas sem deixar rastro. Não sei se isso é o mais certo a fazer, pois feedback é importante para que as pessoas possam melhorar, mas pra mim é mais fácil. Não digo que todos deveriam agir assim, aliás acho que não. Mas é meu modo de me relacionar com isso.

Enfim, não há vilões e mocinhos, nem certo e errado nisso. Há escolhas pessoais, ações pessoais. Cada um tem que encontrar a sua!

Posts

Como leitora, adoro saber de novidades e swatches, mas muitas vezes sinto falta de textos mais elaborados nos blogs de beleza. Tipo, não precisa ser um tratado de literatura, mas opiniões mais esmiuçadas, visões pessoais, historinha (rs). Sigo blogs de todos os tipos, mas os posts bem escritos são os que tenho mais prazer em ler. E isso não é muito comum na blogosfera belezística.

Sorteios

Eu sou uma pessoa que se inscreve sim em sorteios, quando eles aparecem nos blogs que sigo. Já fiz e não faço mais: seguir por causa do sorteio. Não faço mais porque eu acho que primeiro o conteúdo tem que me agradar, e seguir só pelo sorteio não acho legal. Então, as listas de sorteios não são importantes pra mim, porque esta estratégia para fazer seguir o blog não é a que me atrai. Mas já me atraiu sim. Por favor, encarem isso como uma questão pessoal, e não como um juízo de valor!

Bom, acho que estes eram os tópicos principais que gostaria de comentar como leitora. Em breve, a minha visão do outro lado, ou seja, como blogueira.

Beijos!
P.S.: Figura tirada daqui.

Comentários

Karen Lommez disse…
É, vc falou muitas coisas importantes e eu concordei com várias, quase tudo. Já parei de ler blog por caráter que a blogueira demonstra ao copiar os outros, a fazer posts sem o mínimo de pesquisa, passando informações muito erradas, blogs em que o texto é péssimo, blogs que só mostram compras, como vitrine, que não trazem resenhas ou outras coisas legais. Todo mundo erra mas acho uó aqueles textos cheios de erros de português. Todas essas coisas são particulares mesmo. QUanto a sorteios, acho que são importantes para dar visibilidade a um blog novo, pois aumenta o movimento. Já vinculei sorteio a seguidores muitas vezes, por acreditar que assim as pessoas leriam o blog e as que gostassem ficariam, se lembrariam de onde tinham entrado. Muita gente que entra em sorteio mas não segue depois esquece e mesmo que ganhe não aparece mais. Pude perceber que todas essas questões são pessoais. Tem quem prefira privilegiar seguidores em sorteios, apenas eles podendo participar, pois não acham legal que uma pessoa que nunca entra nem participa ganhe alguma coisa. Eu entendo isso, mesmo que muita gente se torne seguidora só pelo sorteio. Assim como vc, se não gosto do blog, pode sortear um carro, mas não entro no sorteio nem viro seguidora... Ufa! Como vc disse, são escolhas pessoais e não condeno nenhuma. BJ
Day Rumim disse…
Concordo com a maior parte do que disse.
Antes de ter o blog, eu participava e seguia vários blogs (tanto é que hoje sigo mais de 1000 blogs). Mas hoje só participo dos sorteios de blogs que confio, mas se o prêmio não me interessa ou já o tenho, não participo.
Esse negócio de comentários está dando o que falar né?
Apesar do meu blog ter pouquíssimos comentários, estava sem tempo para respondê-los, mas comecei responder agora, aos poucos.
Mas vamos combinar, ser blogueira está difícil né? haha

Beijos flor!
Toque Essencial disse…
Muito boas as suas ponderações, Dáfni!!
Beijo
Andrea
Dáfni disse…
Karen, esta questão dos sorteios é delicada. Acho que, na perspectiva de blogueira, eu acho muito válida, porque é uma forma de atrair pessoas para o seu blog, de presentear alguém que lê seu blog, enfim... tem um monte de vantagens. Tanto é que fiz aqui também!

Mas como leitora não é isso que me atrai. Domingo mesmo eu comecei a olhar o blogroll do Vende na Farmácia? para conhecer novos blogs. E achei alguns muito bons! Então, pra me atrair, acho que são outras as variáveis: aparecer em algum blogroll, às vezes até o comentário num outro blog - assim que comecei a seguir alguns blogs. Mas quem sou eu pra dizer que a pessoa começou a seguir o blog por causa do sorteio está errada? Eu já fiz isso! Seria uma baita de uma hipócrita... (rs)

Beijos
Dáfni disse…
Day, para quem não tem o blog como sustento é complicado sim! Mas, mesmo assim, eu gosto bastante. E às vezes uma crítica construtiva faz com que a gente preste atenção nas coisas que faz de errado. Eu acho válido, contanto que seja com respeito!

Beijos
Dáfni disse…
Andrea, que bom que vc acha isso. Acho importante a gente poder trocar experiências, e falar sobre coisas que, muitas vezes por não serem ditas, parece que não existem e não são sentidas.

Beijos
Belle et Lu disse…
Ei Dáfin!!

Tô aqui meio envergonhada!! Nos últimos dias não consegui responder adequadamente os comentários nos meus posts. Acabei me atrapalhando com tudo o que eu tinha pra fazer e até com a obrigação que a gente cria de postar todo dia. Me absorvo nas pesquisas, na edição das fotos, do texto, e quando vejo não estou conseguindo administrar tudo. Os comentários acumulam e tudo ainda fica pior. Até o ato de começar um blog exige organização constante pra não se atrapalhar. Então conclusão, preciso me organizar e com urgência.
Quanto aos sorteios, olha, pode-se dizer que apenas 10% das pessoas que se inscrevem no sorteio continuam lendo o blog, mas vale, eu acho que é a ferramenta mais funcional no sentido de divulgação do contéudo. Da primeira vez que fiz sorteio não vinculei a participação a ser seguidor do blog, mas fiquei super frustada quando a ganhadora não deu as caras, foi o único motivo de eu ter mudado a postura nos últimos que realizei.

Mas enfim, me identifiquei muito com muitas coisas que vc escreveu e também percebi a importância de administrar melhor o meu tempo e responder os comentários.

Beijos
Dáfni disse…
Fê do céu! Por que sentir vergonha porque não tem tempo? Nada disso! O importante é que vc é uma pessoa que responde aos comentários. Quando, não importa. Mesmo.

Não é fácil administrar algo que, de pequeno, começa a ficar grande e cheio de cobranças. Mas sinceramente? Eu não me sinto cobrada. Eu acho que a cobrança maior sempre é da gente mesmo. É claro que vez por outra aparece um comentário "não vai publicar o resultado do sorteio???", mas meu patrão é quem me paga. E ponto.

E quanto aos sorteios... ô coisa complicada! Atrai um monte de gente, e pessoas que muitas vezes só querem o sorteio. Mas se dessas umas 5 vierem a ser seguidoras e comentaristas, pra mim tá bom. Até porque é difícil controlar isso. E o importante é ter as expectativas em cima de algo possível.

Desencana da cobrança que vc faz tudo direitinho! (rs)

Beijos
Anônimo disse…
Oi Dafni,

Meu nome e Tamires.
Parabens pelo seu Blog,
As suas dicas são bem interessantes!
Você realmente tem bom gosto pelas coisas que você apresenta.

Gostaria de convidar você para conhecer um novo produto, que ainda e um segredo para os brasileiras
que se preoucupam com a beleza e a vida saudável.

Em algumas semanas, vai ser lançado no Brasil, a mais nova descoberta da ciência!

É um produto que oferece para você BELEZA de dentro para fora.

Dando para você uma APARêNCIA mais JOVEM,
UMA PELE mais BONITA,
UNHAS E CABELOS mais FORTES,
sua SAúDE mais SAUDÁVEL e sua VIDA mais ATIVA.

Se você gostou da minha dica, ou se você se interessar em ter conhecimento sobre o produto, posso mandar para você o endereço do site.

E se você realmente gostar do produto, posso também estar enviando para você fotos do próprio produto,

É um produto novo no mercado, acho que pode ser interessante para o seu blog, o produto ainda não foi divulgado nós blogs!

Você pode telo no seu blog se você gosta.

Aguardo respostas,
Tamires
Ah Dáf...rs... uma coisa que me irrita profundamente em blog é esse spam, como o aí de cima. Não tem lugar mais inapropriado para fazer propaganda! Já escrevi uma vez sobre isso: o espaço de comentário do blog alheio não pode ser usado para auto-promoção...não sei se voce concorda!

Sobre escrever mais detalhadamente, eu já fui SUPER criticada por causa disso. Mas eu gosto de dar a MINHA impressão, a MINHA sensação ao usar tal e tal coisa. Ler resenha publicitária é fácil: é só virar o frasco! Mas não sei..se a gnte escreve muito, é chato, se escreve pouco fica superficial. Eu to balançada nisso!

E eu também NÂO participo de nada por conta de sorteios. deus me livre seguir algo que nao gosto pra tentar ganhar algo. É simples, se eu gosto, eu sigo sim, sem dúvida. E começo a me sentir intíma! rs

É isso...falei demais né? beijos!!!
Dáfni!

Gosto da sua postura quanto a isto. Concordo muito com a forma como pensa. Eu gostaria de ser mais organizada na questão da leitura.
Acho que não tenho hábito de leitor de feed, embora já tenha alimentado meu GReader, mas ao ver que acumula, com números absolutos, caio para trás.

Prefiro a leveza, a meu ver, de ir vendo na lateral do meu blog mesmo, quem atualizou. Outra ferramenta que uso muito é o twitter para saber qdo tem post novo.

Tento equilibrar a vida de blogueira com a de leitora, afinal o que me levou a escrever foi ler os blogs que já existiam, assim como você.

E não acho que acrescenta muito me preocupar em sempre alimentar os outros se eu não me alimentar por aí. Interagir, ler...

Já fiquei descabelada como a Fê, por não conseguir postar, responder, editar fotos. Talvez ainda me incomode, mas nada a ponto de me fazer perder noite de sono por isto.

Me forço a lembrar que o blog é meu hobby, minha profissão é outra, e amo o que faço. É um exercício inclusive para evitar cair em algum tipo de frustração. Se o blog der qualquer retorno, publico, presentes, o que quer que seja, será bem vindo. Se não rolar nada, que seja interpreado como um passatempo que comecei por acaso, pra ver como era e acabou permanecendo.

E assim como você, fico surpresa de ver que pessoas como Julia Petit e Vic Ceridono já me responderam e não são nada afetadas por serem quem são. Ao contrário de um monte de subcelebridade da internet.

Sabia que tem dois comentários da Vic no meu blog? Não é o máximo saber que ela se deu a este trabalho.

E gosto de saber que a pessoa, continua a ser quem é, independente do sucesso que chega!

Bom, falei muito, beijos!
DÁFNI, li atentamente seu post e eu fico aqui me perguntando... Será que essas cobranças são compatíveis com o comportamento de quem cobra? Ex.: Na MINHA OPINIÃO, só posso reclamar de não ter respostas em comentários, se eu realmente estiver fazendo uma pergunta, ou se comentar TODOS OS DIAS e em NENHUM deles eu tiver um feedback...
O que eu acho é que quem comenta demonstra um enorme carinho e respeito pelo blog, mas tb acho que tem q ser feito de coração! Sem esperar (leia-se cobrar) nada em troca!
Não sei... Digo isso pq sou suspeita, nem sempre "comento" os comentários, mas respondo sempre que questionam algo.
Sinceramente, passo por vários blogs, leio e nem sempre comento pq prefiro prestigiar com a leitura do q comentar com uma palavra sem ao menos ler o q a pessoa escreveu.
Sei lá!
Vc está certa e me motivou a realmente fazer "uma limpa" nos blogs q sigo (fiz poucas vezes).
Não se abrorreça pq trabalhar, ter uma vida e ainda elaborar posts, é muita coisa! rsrsrs
Mas o importante disso tudo, é que eu ADORO VC! rsrsrs

**** Ah! Estou caçando seus produtinhos... Hj andei muito pelo Centro e não encontrei, mas eu sou brasileira! Não desisto nunca! rsrsrs

Beijão!
Lis disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Lis disse…
Oi Dáfni! 1º quero te dizer que me senti famosa por 1 segundo,(chamei até meu marido para ver meu nomezinho no seu blog, hihihi)quem não gosta disso?
Bom... uma vez escrevi no blog da Abigail que eu faltei algumas aulas de interpretação de texto, portanto terei que ler seu post mais de 2x para entender bem (é serio!) De antemão fiquei feliz com a primeira leitura, depois fui ver se você tinha respondido meu segundo comentário, lógico, você respondeu! Ali entendi que pensamos diferente hihihi! Espero que eu não esteja sendo uma chata, pois gosto mesmo do teu blog, não quero ser uma pulga para você (nesse momento estou me sentindo assim).
Engraçado como temos atitudes parecidas quanto a blogosfera. Começei a navegar por aqui (blogs em geral) em maio talvez e fiquei louuuucaa sorteios, brindes, cores, make, make,make, viagens, encomendas, compre... Me joguei, enchi minha lista de favoritos, aos poucos, fui deletando alguns da lista e não me arrependo, como você percebeu, estou a procura de novidades, estou encontrando...Pensei que eu fosse sair rapidamente e fiquei pensando será que vão lembrar de mim? Perguntarão no twiter? Acho que eu sou carente :=).
Linda, desculpe se falei algo que não gostou, se eu desrespeitei sei lah..., estou em uma corda bamba agora, cheia de dedos, so sorry!
Miss Blueberry disse…
Dáfni, concordo, como leitora, com tudo o que vc ponderou. Achei legal essa sua posição imparcial, q não julga as atitudes alheias.

Beijos.
Pri Sganzerla disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Pri Sganzerla disse…
Adorei o post, Dáfni! MESMO. Agora aguenta o post imenso! hahaha

Sabe, eu acho que muitas de nós quando entramos em contato com esse nicho da blogosfera, podemos "dar uma surtada". Comecei lendo tudo, me inscrevendo em zilhões de sorteios, seguindo trilhões de blogs, cheguei a ter um blog sobre o assunto, gastei rios de dinheiro com alguns supostos "must haves", aprendi muita coisa, me decepcionei com outras tantas e - de repente - caí na real. Voltei a me dedicar apenas ao meu blog pessoal que tenho desde 2007, encerrei minha vida de blogueira "belezística" e voltei a ser apenas leitora: mais madura, mais centrada, mais crítica e mais equilibrada.

Sobre SEGUIR BLOGS: faço muito como vc. É preciso que haja algum nível de identificação com a postura da blogueira e/ou conteúdo apresentado. Não estou nem aí pra sorteio. Participo se eu seguir o blog, porém não é mais isso que me faz virar seguidora. O meu tempo é precioso e não vou perdê-lo com leituras que não me interessam. Por isso acompanho as atualizações dos blogs que eu sigo e, de vez em quando, dou uma olhada nos blogrolls por aí pra conhecer coisa nova. Já conheci muitos blogs legais lendo o seu "Leituras da Semana". E também sempre vou conhecer o blog de alguém que fez algum comentário em qualquer blog e eu achei interessante e quis "conhecer" o autor.
Pri Sganzerla disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Pri Sganzerla disse…
O que me faz NÃO SEGUIR blogs?

- Conteúdos rasos, pouco desenvolvidos e que se atem a descrições de produtos que eu mesma posso ler no site do fabricante - estilo post "encheção de linguiça";

- Excesso de erros de Português / Pessoas que exageram nas gírias internéticas e nos estrangeirismos;

- Pessoas que vivem de Ctrl+C / Ctrl+V na cara dura, não citam fontes e não se esforçam por 30 segundos pra produzir algo relevante que saia do seu próprio cérebro;

- Textos com comentários preconceituosos ou deselegantes de qualquer gênero;
Pri Sganzerla disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Pri Sganzerla disse…
- Blogs egocêntricos em excesso: a pessoa não está preocupada com quem lê, não tem intenção em construir um texto que possa ser útil de alguma forma para seus seguidores - só pensa em mostrar suas fotos posadas, suas compras sem resenha nenhuma e um blá blá blá de regras "vomitadas" sobre "in x out", "must haves" e "tendencinhas" - argh! Ou então só se interessam em falar sobre seus encontrinhos, sobre happy hours de divulgação de marcas e todo aquele ar de "olha como sou importante", aí também me canso e clico no X pra fechar a janela;

- Excesso de publieditoriais. Quando começa com isso, confesso, perco totalmente a paciência... rs Pulo a leitura na boa! Pior ainda quando vem aquele post que vc não sabe se a blogueira foi paga pra fazer ou se realmente ela "estava passando em frente a tal loja" e quis contar TODOS OS DETALHES sobre tal produto. Acho válido ganhar dinheiro com blog. Mas que fique extremamente claro para quem lê o que é opinião autêntica e o que foi espaço vendido;

- Outra coisa que me irrita? Quando começa a pipocar em TODOS os blogs sobre determinado produto. O último que eu vi foi o tal hidratante pra cabelo de ração humana. Hellooooo! Essa overdose de aparições só faz o efeito contrário em mim: me incomoda porque fica ÓBVIO que meio mundo recebeu o negócio pra experimentar ou ganhou pra fazer sorteio e divulgar a marca. Não gosto de "postagem estilo boiada" e nem que insultem a minha inteligência.
Pri Sganzerla disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Pri Sganzerla disse…
O que me faz SEGUIR? Conteúdo relevante, informações fundamentadas, opiniões claras, bom uso do Português, postagens reflexivas, o estilo que a pessoa tem para apresentar produtos, simpatia na forma de escrever e responder aos comentários. Mas confesso que alguns eu sigo apenas pelo conteúdo e não morro de amores pela postura da blogueira. São dados subjetivos, certo? Porque gosto é pessoal e cada um tem o seu. O que é útil pra mim, pode não ser para outra pessoa. Por isso há espaço pra todos: os ótimos blogs e aqueles...nem tanto...rs

SORTEIOS? Sou super a favor. É uma maneira de divulgar o blog. Só sugeriria que fossem realizados com mais critério: deveriam haver sorteios diferentes: aqueles com foco na divulgação (do blog ou do produto) e outros que façam justiça a quem realmente é seguidor, acompanha e comenta no blog. Mas se vier com mil regras do tipo "me siga no blog, no twitter, siga o twitter da pessoa que disponibilizou o prêmio, divulgue no seu blog, dê 3 piruetas e cante atirei o pau no gato", aí esquece! Tenho mais o que fazer e nem vou perder meu tempo! rs
Pri Sganzerla disse…
Acho que algumas blogueiras perderam o foco. Preocupam-se excessivamente com sua visibilidade, com as parcerias, os presentinhos, o número de seguidores e de comentários. Esquecem que deveriam se preocupar em trazer um conteúdo sincero e de qualidade para as pessoas que as lêem. Deberia ser informação + diversão + leveza. Sem os leitores, qual é o ponto de tudo isso? Ser pseudocelebridade na internet é suficiente? É necessária essa postura aparente de necessidade de se autoafirmar o tempo todo entoando o mantra "ter para ser"? Ainda bem que essa blogosfera é vasta e há muito blog bom que nos acrescenta e faz valer a pena os momentos dedicados à leitura e à interação.

Quase finalizando... Ufa! rsrsrs Hoje sou muito mais seletiva! Não sou colecionadora de maquiagem, por exemplo. Não tenho porque ter 85 batons se tenho apenas uma boca. Não tenho grana e nem motivo para comprar os mais novos lançamento de cada marca nacional e internacional que são jogados no mercado a cada mês. Quero encontrar o que funciona pra mim, minha profissão não é "testadora". Quero investir meu $ da melhor maneira possível. Aí entra uma das funções dos blogs: quanto melhores e mais confiáveis forem as resenhas e as informações, mais elementos terei para pesar os prós e contras no momento de adquirir um produto. Por isso vejo mil resenhas, swatches, etc - depois penso: estou mesmo precisando disso? Tenho algo parecido nas minhas gavetas? Não seria melhor eu acabar um produto antes de adquirir outro? Consumo consciente - é isso que tenho trabalhado em mim.
Pri Sganzerla disse…
A parte mais legal? Conhecer pessoas interessantes, sensíveis, aprender a me conhecer melhor, saber o que funciona pra mim, melhorar minha autoestima, economizar uns trocados com produtos ruins e ver a rede de solidariedade que existe entre algumas pessoas que se ajudam, apoiam, compartilham, me fazem crescer e ser melhor como pessoa. É isso que me faz permanecer leitora. E não pretendo voltar a ter blog nesse nicho. Gosto de manter meu blog pessoal, que é um registro das minhas transformações, reflexões e tem uma função terapêutica. Já está bom assim... rs

Desculpe o comentário gigantesco!!!!! rsrsrs Mas vc já sabe que tenho dificuldade em ser concisa e seu post me instigou! hahaha

E só pra ficar bem claro: essa é a MINHA maneira de pensar. Não é a única e nem a mais correta. É apenas a minha experiência. ;-)

Beijos com carinho!
Menina vc como sempre arrazando nos posts!! eu tbm sinto muita falta de ler e escrever bons posts,é muito bom ler em um blog dicas,swatches historinhas como vc disse!!
Espero um dia poder me dedicar mais ao meu blog pois ele me ensina tanto e me aproxima de pessoas tão maravilhosas!!
super beijo menina te admiro muito é muito inteligente sem ser esnobe isso é p/poucas benheeeeeee
Tabuleiro Chic disse…
Muito bom o seu blog !!!
bjos e vamos seguir,

TC

www.tabuleirochic.com
Dáfni disse…
Tamires, peço que use o link CONTACT lá de cima, perto do nome do blog para entrar em contato comigo, OK?

Camila, concordo com vc sim, em muitas das coisas que disse, menos quando disse que falou demais! (rs) Obrigada mesmo pelo seu feedback, é importante a gente trocar experiências!

Carlinha, tô contigo e não abro! (rs) É por aí que penso as coisas. E achei engraçado que vc também fica angustiada com os posts não lidos do Google Reader!

É, a gente conhece as pessoas, o que de fato elas são, em situações especiais. Uma delas é quando ficam famosas; outra é quando viram chefe! As surpresas são grandes...

Beijos!
Dáfni disse…
Samantha, é difícil. Acho que vc está correta na sua postura, e já vi muito blog que só comenta pra responder. Acho válido também. E cobrança, sinceramente, é algo que se cria e nos azucrina se a gente deixa, né?

E eu também adoro vc, por isso que digo: se está te dando trabalho, não precisa!!!! (rs)

Beijos
Dáfni disse…
Lis, aquele seu comentário me deu coisas para pensar e ideias para publicar! Só tenho a agradecer! E claro, vc sempre foi muito respeitosa, nem esquenta com isso...

Miss Blueberry, obrigada! Fico feliz em saber o que vc achou do post e, principalmente, da minha posição!

Beijos
Dáfni disse…
Pri, amei seus comentários! Muito do que vc apontou ali eu acho também, e nem tive a coragem de ser tão explícita... Acho seus comentários seriam a minha lista de exemplos do tipo "o que eu gosto/não gosto em blogs".

Agora, este trecho:

"me siga no blog, no twitter, siga o twitter da pessoa que disponibilizou o prêmio, divulgue no seu blog, dê 3 piruetas e cante atirei o pau no gato"

me matou de rir e me fez lembrar que, nos últimos tempos, eu desisti de participar de pelo menos dois sorteios por causa disso! Muitas tarefas! Mesmo que sorteassem a coleção da Guerlain inteira, eu não me inscreveria...

Acredito que algumas blogueiras, por sentirem e terem o desejo de que no sorteio as leitoras fiéis sejam sorteadas, ou por quererem que a pessoa vire leitora à marra, impõem este monte de exigências, que na minha opinião acabam sendo tiro no pé. Mas enfim, eu simplesmente não participo e vou para o próximo post do Google Reader! (rs)

Beijos e obrigada pelos comentários longos! Eu adoro!
Dáfni disse…
Jana, obrigada! Puxa, vc sempre carinhosa, e isso me deixa muito feliz...

Também gosto bastante de vc, do seu blog, da sua luta diária e do seu carinho com as leitoras de seu blog! Vc é uma menina muito especial...

Tabuleiro Chic, obrigada! Seja(m) bem-vinda(s)!

Beijos
Denise Mercedes disse…
Dáfni,
eu tb não sei mais o que me fez entrar no mundo dos blogs de beauté... Só sei que já passei por diversas fases tb. Hoje leio e sigo só o que gosto (e são poucos) e existem dois tipos de blogs que me chamam mais atenção: os pessoais e os de tutoriais de make. A inspiração para falar de questões relacionadas a beauté no meu blog veio do fato de encontrar blogs legais que falavam da experiência pessoal da blogueira com a make, beleza etc. Também adoro historinhas, bom texto e dicas em geral. Rs
Mas hoje selecionei MUITO e leio bem poucos blogs. Acho que é mais o meu momento mesmo; estava achando uma overdose de envolvimento entende?
E meu blog é hobby, vou continuar enquanto permanecer um prazer. Por enquanto, tenho sentido muito prazer em escrever, fotografar, dividir mesmo minhas experiências e conhecer, ainda que virtualmente, pessoas legais e inspiradoras através do meu blog e através da minha experiência de leitora.
Bjs
Madame Maura disse…
Dáfni,

Eu fiquei bastante tocada de saber que mais alguém além de mim USA o Google READER para LER. Eu também sou assim, escolho os blogs que sigo e faço uma manutenção constante porque acho muito irritante receber atualizações que não me interessam. Mas, das que me interessam haja visto eu mesma ter escolhido seguir, eu leio mesmo e se não leio tudo de cada blog, gosto de pelo menos saber mais ou menos o que está acontecendo.
Quanto aos comentários, é uma questão complexa para mim: eu nunca comento nos blogs alheios e também não respondo, muitas vezes, os comentários feitos no meu próprio blog. Eu acho que posso melhorar isso sim, que soa desatencioso e grosseiro muitas vezes, mas justifico isso pela minha relação mais jornalística com o blog: para mim blogs são publicações periódicas, tanto quanto jornais e revistas. Como quando leio o jornal ou um livro não me preocupo em interagir com o autor, aqui tb acontece isso.
Eu gosto de escrever, de ler e de ser lida mas para mim o texto pronto- seja o meu ou o de um colega- tá pronto e não gosto de ficar especulando sobre ele. Enfim...
E como a Pri disse mais acima: essas ondas de assunto ( em geral, sobre produtos) repetido são ultrajantes, subestimam a capacidade do leitor - será que pensam que nós somos idiotas a este ponto e não vamos perceber a "feliz coincidência"? Para mim tb são antipropaganda perfeita.
Sobre sorteios, o único que fiz foi muito interessante, me trouxe leitoras engajadas com quem troco muito ( em geral via email). Mas me intriga que a vencedora do sorteio seja e tenha sido vencedora de muitos outros sorteios e da próxima vez quero melhorar o formato.
Beijos
Priscila Lopes disse…
Oi Dáfni! acabei de te deixar um comentario naquele post, hehe! Após ler esse post seu, parei e pensei: Concordo com tudo, hehe. Acho que eu me expressei mal ao dizer que "o que me prende é a reprocidade" porque não é só isso. É claro que quando tenho carinho por alguma leitora, eu sempre estou passando pelo blog dela também, mas eu tb visito blogs por inumeros outros motivos: pela afinidade de assuntos tratados, pelo modo como a pessoa escreve, pelo grau de interesse da minha parte pelo conteudo apresentado, e tantos outros como vc mesma citou (como o carater da blogueira! acho isso muuito importante. Só pelo jeito da pessoa escrever, vc as vezes percebe uma certa maldade). Este post, como ja foi dito mais pra cima, me incentivou a fazer uma LIMPAA. Agora que eu parei pra pensar na questao de seguir blogs pelo sorteio. Tem taantos que as vezes aparecem na lateral do meu blog e que eu NUNCA leio! as vezes nem leembro de onde sao.. vo tirar um dia desses só pra fazer uma faxina! haha assim como a Lis quero pedir desculpas se o jeito como eu escrevi o comentário pareceu "agressivo", deixei minha opinião muito incompleta. Beijão! PS: ADORO aqui e leio sempre =) beijos
Priscila Lopes disse…
Só mais uma coisa: acho que nós blogueiras temos que aprender a ser mais seletivas, como vc disse no post. E é isso que tentarei fazer mais pra frente. :*
Dáfni disse…
Maura, pois é, acho que cada um tem seu jeito. Por exemplo: vc sabe que vivo no seu blog comentando, né? E não espero resposta, porque sei que não é assim que vc age. Por isso que continuo indo lá, comentando, e de alguma forma interagindo. Mas desde o início estava clara esta relação que vc estabelece entre vc e as leitoras.

Agora, quando eu digo de não receber resposta, eu deveria ser um pouco mais explícita. Exemplo: se eu comento num blog que a pessoa responde a todos os comentários menos o meu, da primeira vez vou achar que foi esquecimento. Da segunda, estranho. Da terceira, que a pessoa não gosta de mim ou dos comentários. Isso já me aconteceu, e por este e outros motivos, parei de frequentar o blog. É uma situação muito específica, e cada um deve agir como bem entende.

Uma vez eu li no Vende na Farmácia? uma frase muito boa: "isto aqui não é uma democracia, o blog é meu e eu faço as coisas como eu quero". Sabe, blogs são de fato pessoais, e quem não combina ou não compactua ou não gosta do blog, não precisa ficar enchendo o saco: é só não seguir e não ler mais. Mas por algum motivo surreal, as pessoas não entendem isso.

Quanto ao Google Reader, o Google devia me oferecer uma parceria, porque eu sou "Google Team"! Uso o Gmail, o Reader, o Analytics, o Tradutor, o Docs... enfim, tudo deles! (rs)

Beijos
Dáfni disse…
Denise, é isso mesmo. Tem que dar prazer, tem que ser hobby no nosso caso. E ler outros blogs também tem que dar prazer e ser hobby. Obrigações só se a gente tiver pretensões mais sérias. Mas aí já é outra história!

Beijos
Dáfni disse…
Oi Priscila!

Bom, em primeiro lugar, que fique claro que os comentários de vcs serviram de inspiração pra mim, ou seja, de um possível crítica, fazer a reflexão e pensar sobre o assunto. De maneira nenhuma achei que o que escreveu foi agressivo; até porque eu li e reli várias vezes, e não me soou agressivo. Me soou como um desabafo e que vi nele razão. Eu não sou a pessoa mais tranquila para aceitar críticas, mas tenho me esforçado bastante para parar para pensar antes de responder. Acho importante que, neste espaço, as coisas possam ser faladas sem amarras, que o outro possa colocar o que pensa e a discussão que saia seja em prol de algo construtivo.

Pelo menos pra mim foi assim que aconteceu! :)

Beijos!
Wan disse…
Olá Dáfni,

Adorei o post e penso como vc em vários aspectos amiga. As criticas são sempre bem vindas porque são uma oportunidade de refletir sobrenossas ações e achei encrivel a sua reflexão a partir do comentário das meninas no seu blog.

Eu vejo no marcador de visitas do "Beleza Pedagógica" que recebo visitas de muita gente, mas geralmente são menos de 10 comentários por post. rssssssss! Já fiquei triste com isso, mas, desencanei. Eu tb nem sempre posso comentar diariamente, trabalho em média umas 12 horas além disso tenho que dar atenção ao filho, cuidar de mim, da casa, etc etc etc

Mas, adoro o mundo bloguistico e acredito na identificação e no carinho verdadeiro dos amigos que fazemos aqui.

Beijuuuusssss
Dáfni disse…
Wan, pois é, eu também ficava chateada com a ausência de comentários, ou a pouca quantidade. Hoje vejo que é perda de tempo se incomodar com isso, porque sei que as pessoas que gostam de interagir vão acabar comentando, e as que não, ao menos, estão lendo o blog.

Não sabia que vc tinha filho! Quantos anos tem?

Beijos

Postagens mais visitadas