Minha experiência como blogueira

Olás!

Eu fiquei devendo o texto sobre minha experiência como blogueira, que faz par com este texto que eu escrevi como leitora de blogs de beleza. Aproveito pra escrever hoje, já que fui forçada a ficar em casa devido a um mau jeito na clavícula (desde ontem tem me causado dor dependendo do movimento que faço, e, portanto, seria quase impossível dar aula hoje, pois escrevo muito no quadro e certamente não teria uma posição que eu fizesse que não vai doer!).

Começo

Não sei exatamente porque escolhi ter um blog de beleza, mas sei que estava ansiosa para voltar a escrever. Durante a adolescência, eu escrevi diários, e na escola as minhas redações se destacavam, justamente porque gosto de escrever. No entanto, passei anos sem escrever nada, e vi no blog uma oportunidade de praticar de novo e retomar um desejo antigo.

A evolução dos posts

Quando leio os posts do início, vejo a evolução da escrita (melhorou um pouco) e das ideias para os posts.

O primeiro texto foi escrito em 26/09/2009, ou seja, quase um ano atrás! Desde então, fui moldando o tipo de assunto e como abordá-lo, melhorando as fotos, mudando o layout e aprendendo alguns truques e gadgets para colocar no blog. Não sou super organizada quanto a postagens; posto aquilo que me dá vontade no momento. Isto porque nunca foi meu objetivo transformar o blog em algo profissional, o que me dá liberdade para fazer posts e colocar textos conforme a minha vontade. Se eu quisesse algo mais profissional, teria que melhorar muitas coisas, como aprender a fazer montagens, tirar fotos melhores, ter uma certa frequência de postagens, etc.

De qualquer forma, fico feliz de ter visto uma evolução, mesmo que pequena!

Posts

Como eu disse, a escolha de posts é totalmente aleatória, e guiada principalmente pelos meus desejos atuais. Tanto é que dá pra perceber uma certa fixação por um produto numa certa época, quando só falo dele! Já tive fases de falar só sobre esmaltes, outra só sobre batons, outra fase de publicar muitas makes feitas, enfim...

Agora, uma coisa que eu não faço, mas não condeno quem faça (afinal, é escolha de cada um) é reproduzir alguma reportagem aqui citando a fonte. Eu gosto de criar o post desde o início, e falar de experiências e dicas que eu testei. E como também não tenho o compromisso de deixar o blog atualizado todo dia, posso esperar que a inspiração venha para escrever algo que tem a minha cara. É claro que muitas vezes os posts não ficaram legais, e tenho consciência disso. Mesmo assim, faz parte do processo de produção, que às vezes é boa, outras nem tanto.

Agora, algo que eu abomino mesmo é plágio, e infelizmente, tenho visto muito por aí. Não consigo entender porque alguém se apropria do texto de outra pessoa para colocar no blog. Pra mim não faz o menor sentido, sem falar que é crime. Reprodução de partes do texto de outro blog citando a fonte é OK; mas devem ser partes, e não o todo. Pra isso é muito mais honesto colocar o link pro post.

O deslumbramento

Olha, eu não sei se já passei da fase do deslumbre. Este é um mundo muito "glamour", cheio de tentações e eventos legais. Mas hoje em dia tem muita coisa que eu já não curto mais, talvez porque muitas ideias e ações tenham sido usadas demasiadamente. Exemplo: sorteios. Adoro sorteios, mas todo dia tem um diferente. Se o sorteio exige muito de mim, eu nem me inscrevo. E não é pra tudo que me inscrevo também.

Outra coisa é aqueles eventos super exclusivos que são voltados apenas para as blogueiras "famosas". Eu sei que não vou chegar a ir num desses, porque: 1) não sou famosa; 2) moro no fim do mundo. Mas ler o tempo inteiro sobre encontros - e há blogs que só falam disso praticamente - já me cansou. Tanto me cansou que hoje em dia nem sei se ia curtir ir num encontro desses. Acho que estou ficando meio chata pra isso... (rs)

Hoje em dia estou menos deslumbrada e, portanto, mais seletiva. Mas foi um ano inteiro lendo blogs todos os dias praticamente, e interagindo com muita gente. Já sou "macaca velha" para algumas coisas...

Parcerias

Acho que recebi proposta de parceria uma vez, se não me engano (ou talvez mais, mas aí eu nem respondi). A impressão que tenho é que a grande maioria das empresas está interessada em usar a influência da blogosfera (que hoje é considerável) da forma mais barata possível, que é oferecer umas coisas para as blogueiras testarem e exigir resenhas. Ou então até pegar o banco de dados das leitoras (e-mails, por exemplo). Como disse, é uma impressão, e o único contato que tive me deu essa sensação sim. Por isso nunca fechei parceria, pois: 1) meu blog não deve ser tão atrativo para as empresas; 2) as propostas que recebi eu não gostei nem um pouco.

Portanto, todo produto que é resenhado aqui é comprado com meu dinheiro. Como acho que já disse, é óbvio que gostaria de receber produtos para testar e dar minha opinião, pois eu gosto de testar cosméticos. Mas não a qualquer preço.

Panelinhas

Como todo ambiente social, a blogosfera tem a sua panelinha sim. Se eu me sinto incomodada com isto? Não, não me sinto, mas simplesmente pelo fato que as minhas expectativas com o blog é conhecer gente, aprender coisas novas e me divertir. Tendo conseguido isto, o resto é o resto. Não quero ser aceita nos "altos círculos" da blogosfera, nem ser amiga da blogueira famosa tal. Por isso, estou muito satisfeita com as amizades que fiz e os feedbacks que recebi.

Leitoras

Fazer um blog e achar que vc vai conseguir atrair um monte de leitoras que vão comentar muito no seu blog é ilusão. Mesmo que vc tenha 500 seguidoras (meu caso), apenas um grupo seleto comenta sempre, ou ao menos a cada 2 semanas. E isto deve ser a primeira coisa que devemos saber, para não nos decepcionarmos: o número de seguidores não representa nada em termos de popularidade e qualidade do blog.

Meu objetivo é conhecer gente interessante, então pra mim quantidade nunca foi uma meta. Agora, se fosse, já vi que sorteios bem divulgados quintuplicam o número de seguidores; posts sobre assuntos do momento também; posts sobre marcas do momento (MAC, por exemplo) também. Mas isto não é tão certo assim, e muitas vezes aquele post que vc achou que ia bombar não teve comentários, e outro que vc não dava nada atraiu um monte de gente. Com o tempo vc vai saber o que agrada suas leitoras ou não.

Compras

É claro que compro muito mais maquiagem do que antes do blog, e muito mais que eu vou conseguir usar. Ando atenta pra isso, e tento me controlar ou ao menos passar pra frente o que está parado. Mas é bem complicado acompanhar a blogosfera e as milhares de novidades que saem todos os dias - de deixar qualquer uma louca!

Balanço geral

Não sei se abordei tudo o que queria abordar, mas acho que as principais ideias estão aí. Gosto muito de blogar, e do contato com pessoas. Fiz muitas amigas, ganhei presentes e já me incomodei também. Mas no fim das contas, acho que está valendo muito a pena, pois aprendi muita coisa nova sobre make, tenho prazer em interagir e conheci pessoas muito legais!

Pra fechar, vou falar da figura acima que ilustra o post. Tirei deste blog aqui, que fala um pouco da campanha intitulada "Não seja um blogueiro parasita". Não preciso nem dizer porque concordo com essa campanha, né? Acho que o boom dos blogs se deve ao fato das pessoas confiarem nos relatos de gente normal, cuja opinião, a princípio, não está comprometida com empresas e, portanto,  tem mais chance de ser verdadeira. Tudo isso cai por terra se estas pessoas vendem suas resenhas por produtos, praticam o plágio e usam os leitores única e exclusivamente para angariar números e visibilidade para o seu blog. Se continuar assim, muitas pessoas não usarão mais os blogs para se informar, e isto é ruim pra muita gente que depende disso. E é ruim para nós que queremos informação de qualidade. Portanto, vamos cuidar da blogosfera como ela merece!

Beijos!

Comentários

Aline disse…
Adorei o texto Dafni! E te digo, concordo com tudo que tu falou e mais, deixei de ficar chateada por não poder comprar as coisas da moda,que na maioria das vezes são caras.

Desde o inicio, totei que tu tens uma abordagem diferente, que não se preocupa com o número de leitora e o número de comantários, mas é isso que vem dado certo. Adoro o teu jeito simples de ser e escrever, e sempre que posso dou uma passadinha por aqui. Nem sempre comento, mas a visita pode esperar que é certa! ;-)

Eu colaboro com um blog o Louca por Cosméticos, quando ainda nem colaborava via que tu sempre estavas presentes nos comentários. Agora acho que não apareces mais por lá, alguma critica? Pode me responder por e-mail (tomazi.aline@gmail.com), só por curiosidade mesmo! Até pq nã sou dona do blog, mas o que vir é bem vindo e podemos melhorar!

Tb me identifico com você pois tu estas morando no RS, isso traz uma proximidade!

Bem deixando de papo, adoro teu blog e sempre tô presente aqui! Nunca deixa morrer a tua ESSENCIA que é maravilhosa!

Bjks,

Com Carinho!
Fernanda Reis disse…
Ola flor.
Primeira vez que passo aqui,adorei a iniciativa do post. Gostei de muitas coisas citadas, principalmente sobre as tais "panelinhas".
Fora que seu layout é uma graça.
Estou te seguindo, beijos.
Mimi disse…
Flor, espero que se recupere logo. Muito bacana esse post.

bj!
Dáfni disse…
Aline, obrigada! Me sinto honrada! :) E espero que vc não se sinta mais triste por não poder comprar as coisas que vc vê nos blogs. Eu já me senti assim, mas ao mesmo tempo é muito gostoso a gente dar valor ao que tem - usar e abusar! Mas te entendo: se eu tivesse MUITO dinheiro, acho que teria 5x mais make que tenha hoje! (rs)

Quanto ao blog Louca por Cosméticos, vou te escrever depois, ok?

Fernanda, que bom que vc gostou! E obrigada por seguir! :)

Mimi, obrigada! Vou tomar um relaxante muscular pra ver se a bola que se encontra em cima da clavícula se desfaz... (rs) E obrigada!

Beijos
Belle et Lu disse…
Ei linda!!

Fico fascinada com a forma que vc escreve, como consegue se expressar tão bem.
Tanta coisa tem acontecido ultimamente comigo que nem sei me localizar ainda, ando meio perdida. Como vc disse são várias tentações, eventos super bacanas e isso tudo é novo pra mim, então ando meio deslumbrada. Mas tenho me decepcionado bastante com uma série de coisas e que estão me fazendo acordar para a realidade. Repensar tudo o que me propus e rever o que me proponho. Acho que estou num momento de transição.
No ínicio aceitei muita parceria em troca de um ou dois produtos pra ter como fazer resenha... rs. Chegou uma hora que vi que não tinha muito material pra resenhas e posts legais,,, e minha verba é restrita. Mas eu me enganei bastante e agora estou ficando mais seletiva.
Quanto aos eventos, é legal sim, principalmente por ter a chance de conhecer pessoalmente pessoas que passam pelo blog diariamente e deixam recadinho. Posso dizer que meu circulo de amizades aumentou bastante depois do blog e tenho conhecido pessoas realmente especiais.

Como eu lhe disse, estou num momento de transição e realmente não sei o q estar por vir. Mas lendo o seu post, acabei aqui me perguntando sobre o real propósito do meu blog....

Acho q voltarei a conversar com você daqui ha alguns dias.

Beijos
Betty Gaeta disse…
Oi Dáfni,
Adorei o texto. Eu sou plagiada e sei por quem e onde. Tem blogueira que é amiga de blogueira famosa e me plagia muito. começou me visitando, me elogiando e sumiu. Qdo fui no blog dela dar um alô pq estava sentindo sua falta, deparei com os meus posts por lá. Fiquei quieta e vou continuar quieta. Ela é amiga da Cris Guerra e é blogueira de muitos anos, eu estou chegando agora e nem sei direito como esta biroska aqui funciona. Não tenho como chegar dando ordens.
Quando me plagiam eu até fico feliz, pois sei que estou fazendo sucesso, que o blog está dando certo.
Já encontrei 5 blogs que começaram a colocar o "Esmalte da Semana" nas barras laterais (esta ideia foi e é minha). Nunca ninguém citou que estava fazendo isto pq viu no meu blog, mas todas as 5 blogueiras que passaram a agir assim, frequentavam o meu bloguito e deixaram de frequentar.
Estou falando demais...
:)))
Parabéns por ter se aberto neste espaço.
Adoro o seu blog.
Bjkas e uma boa noite para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/
Betty Gaeta disse…
Oi Dáfni,
Sou super chata com o meu blogroll, pois mantenho ele sempre atualizado e curto, para que os blogs que estão por lá sirvam de referência aos visitantes. Acabei de colocar o seu lá. Seu blog é muito bom e está sempre atualizado.
Esqueci de dizer: Espero que vc sare logo.
Bjs
Dáfni, antes que me esqueça, porque quero escrever bastante. Melhoras!

Engraçado a gente se auto analisar depois de algum tempo, né?
Quanto comecei o Eu Acredito em Cosméticos, foi exatamente uma fuga pra um mundo em que eu não tivesse que dar muitas satisfações. Foi procurando algo fútil mesmo, assumo!
Claro que foi inspirada em um monte de blogueiras. Um dia procurando informações sobre make mineral, caí no Petiscos, do Petiscos caí na Marina (2Beauty), de lá lembro bem do Makeupalooza no comecinho e do Frescuras de Mulher. Estes dois ultimos li de cabo a rabo (eram novos, já disse). O Petiscos fiquei um feriado inteiro com ele aberto no note, e cada parada que eu fazia, lia um pouco mais...
Sendo "blogueira" de outras épocas achei que seria legal tentar também pra ver no que dava. Sem pretensões. Comecei visitando blogs e quando vi já estava envolvida. Mas, repito, a ultima coisa que eu queria eram reflexões. Quis uma fuga, um lugar que eu pudesse, sem vergonha nenhuma, assumir meu lado fútil, sempre gostei de cosméticos e coisas de mulher... E só o namorado, a família e os amigos não estavam dando conta com o que eu queria conversar!
Muita coisa mudou neste tempo todo. Mas acho que brincar de não me preocupar, brincar de não querer fazer manifestos, campanhas, ou entrar em assuntos profundos, ainda é algo que permanece em mim desde o primeiro dia até hoje. Não quero nada mais complexo, enquanto “blogo” (isto já é verbo?) sobre beleza, que possa exigir alguma militância da minha parte. Já me envolvi com tanta coisa nesta vida, que a blogosfera beauté pra mim tem que ficar assim, com o lado legal. Imagina minha pressão no dia a dia, tendo rebolar e ter um puta jogo de cintura envolvida com projetos sociais e políticos (nem sempre sociais assim)? Aqui é só para relaxar mesmo!
Por isto, mesmo tendo algumas birras com algumas coisas, eu evito falar, exatamente pra não criar intriga e ter que me justificar profundamente com um monte de coisa que não gosto. Já bastam as complicações da vida real. A internet é uma das minhas distrações. Ponto. Também, porque já disse estes dias no Twitter, reservo-me o direito de permanecer calada. Quieta eu me meto em confusão, falando então...
E a experiência acaba nos deixando mais seletivas.
Tem coisas que não gosto mais, como você, milhares de sorteios, posts exclusivos de “o que acabei de comprar” – não tendo um contexto, como primeira experiência na loja X ou “rendimentos” da viagem, não vejo motivo de ficar mostrando tudo que trouxe da farmácia.
Aprendemos a apenas olhar um blog novo e ir embora, sem peso na consciência porque a pessoa te visitou e você não se identificou e não deixou comentário de retribuição.
Tirando as amigas que fiz, hoje evito manter um relacionamento com quem só faz post do tipo “tirei daqui” – os tais copiados com link que você citou. Também sou chata com fotos, se é pra colocar foto do rímel, que seja uma foto no mínimo nítida. Então, se percebo o mínimo da falta de capricho, não tenho vontade de ficar lendo... Mas só NÃO leio, não comento, nem reclamo e evito ditar regras. Cada faz o que quer, e tem público, pelo jeito, pra tudo!
Além de tudo, procuro não fazer com quem me lê o que não quero que façam comigo, seguir por obrigação. Dias atrás recusei presentes para mim e para o blog porque as concorrentes teriam que se cadastrar na loja. Também não gosto de competição. Qual blog é mais popular, qual blogueira é mais pop... E por aí vai...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sobre eventos /brindes/parcerias. Tenho uma opinião meio radical, e acho que você já sabe qual é, já deixei algumas vezes no ar... É o máximo que faço (deixar no ar, quando esqueço e baixo a guarda de manter as minhas opiniões na reserva). Também procuro lembrar que não sou a dona da verdade. Procuro lembrar que o blog não é minha carreira, não meu mundo real, não é minha missão na terra, não é minha ocupação principal, não é o que move minha vida, então, pra quê discutir o que não concordo? Manja parceria? Então... Deixo prá lá.
Por outro lado, não sou hipócrita, todo mundo tem seu lado orgulhoso, receber presentes das marcas, que nunca imaginei que fosse ganhar como Illamasqua, ou Loreal... Sem eu pedir – mas se disser que não desejava estarei mentindo - é muito gostoso!
Ser convidada para eventos (só fui em três) é massagem no ego sim. É gostoso demais saber que uma marca que vende algo que você ama (como cosméticos) preparou um dia especial pra você. Pode ser uma troca barata, pode ser que daqui a alguns meses (ou anos) pense que fui usada, mas eu vivi um momento e estou gostando dele.
Cuidando muito pra nunca me achar mais importante do que sou, e voltar sempre ao que eu mesma falo, blog não é minha meta de vida, é meu prazer que, sendo perfeccionista, procuro fazer bem. Só.

Beijos!
Vanessa disse…
Oi Dafni,

Concordo com muita coisa....tanto o que vc falou e muito do que eu penso e o que a Carlinha escreveu.

A diferenca e que em alguns pontos eu sou bem categorica mas desde que eu comecei a blogar eu sempre fui seletiva mas hoje em dia eu ja nao sigo muitos blogs pq ora perderam as caracteristicas iniciais com o passar do tempo, alguns viraram vitrine de parcerias e so postam isso, outros copiam outros e nao dao os creditos. E alguns blogs que estao na lista de blogs do Lov Lilac alguns eu sigo, ja outros so estao linkados apenas ou pq retribuo quem me linkou ou outros pq acho que tem infos legais.

Gosto muito dos teus posts com impressoes pessoas sejam eles sobre assuntos cotidianos, de comportamento ou ate mesmo de make!

E eu tb sinto que quando comecei na blogosfera seja na leitura de outros blogs ou blogando mesmo...o consumismo aumentou mas desde o comeco eu procuro so comprar coisas que eu testo antes e aprovo....evito comprar por impulso!

Beijos
Dáfni disse…
Fê, olha só: não quero que pense que eu sou contra parceria ou receber produtos. Longe disso! O que eu quis dizer é que as empresas, muitas vezes, se aproveitam do fato que a gente gosta de testar coisas e faz exigências absurdas, como se nós é que tívessemos o privilégio de receber os produtos, e não eles o privilégio de ter o produto comentado no blog praticamente "de graça". Por exemplo: a parceria que me foi proposta queria que eu desse o banco de dados (e-mails) das leitoras! Ah, isso é o fim da picada! Porque eu não posso ficar dando e-mail das pessoas, assim, só pra ganhar um sachê de alguma coisa. É trair a confiança das leitoras!

É claro que não dá pra gente ter blog e bancar tudo. Por isso que as parcerias estão aí, pra fornecer produtos e a gente poder dar uma opinião sobre eles. Eu tenho consciência que não é todo mundo que pode ficar bancando sozinha a compra de produtos, por isso que eu não condeno. Mas que as empresas abusam, ah isso sim!

Beijos e fique tranquila!
Dáfni disse…
Betty, puxa, que coisa chata! Engraçado que é uma pessoa que já tem estrada, né? Como pode!

Acho que as pessoas ficam se sentindo pressionadas a ter sempre o blog atualizado, porque se não não serão mais convidadas para os super eventos, e nem vão firmar parcerias... aí recorrem a esta atitude anti-ética! Bom, mas daí a essência do blog também já foi pro espaço, né?

Fico feliz que goste daqui, porque também gosto do seu blog e aprecio a sua forma de fazer os posts! E agradeço muito o link que colocou do meu blog no seu... :)

Beijos
Dáfni disse…
Carlinha, vc disse muita coisa que eu concordo, mas há pontos que eu acho que eu devo me explicar melhor.

O negócio de parceria é aquilo que eu disse em resposta à Fê: tem muita empresa querendo dar uma de esperta. E acho que já ultrapassou o limite do razoável. Muitas vezes eu vejo que os blogs procuram firmar parcerias, mas como tem um monte de blogs, as blogueiras acabam se sujeitando a condições que eu não me sujeitaria, muito porque eu não estou à procura das parcerias e nem de visibilidade. Se estivesse, talvez eu estivesse fazendo a mesma coisa, não sei! É difícil julgar quando a minha situação é outra, e as minhas metas também.

Quanto aos encontros: acho que tem um lado legal, de interação e de valorização do trabalho que a gente faz. Mas tem blogs que, dos 10 posts semanais que publica, 5 são relatos de encontros, outros 4 são sobre sorteios. Resta um para falar de resenha, ou de qualquer outra coisa. Cansa, sabe? É legal a gente saber como foi, e tal, mas chega uma hora que aquilo perde um pouco o sentido. Fica "eu fui, olha que legal, ganhei isso, aquilo, aquele outro, apareceu não sei quem, e fim." Talvez eu esteja meio chata com isso, mas é o que eu sinto. Pode ser que para 90% das leituras isso seja o que elas querem ver.
Dáfni disse…
Continuando...

Eu quis dizer "90% das leitoras!".

E por fim os produtos enviados. É claro que eu também queria ganhar, ia me sentir! Quem é que não gosta? Mas eu não procuro, então não posso reclamar que não ganho. E se ganhasse, ia fazer resenha, claro.

A minha situação financeira é boa, sendo funcionária pública do governo. Então eu não posso aqui dar uma de moralista e dizer que não se deve firmar parcerias e nem aceitar produtos. Muitas vezes esse é o único caminho que algumas meninas têm para continuar o blog! Seria muito cruel da minha parte ficar julgando assim friamente. Tanto é que fiquei indignada com aquela história da Beauty Fair, da criação das castas.

Enfim, Carlinha, eu tenho uma diretriz pra mim, e não para os outros. Se um blog não me agrada, é simples - unfollow. E se muitas vezes aparece algum post mais "político" aqui, é por causa da minha natureza mesmo - não consigo ficar quieta! (rs)

Beijos
Dáfni disse…
Van, é mais ou menos isso que falou, a questão das parcerias. Mas eu não me incomodo muito com isso, simplesmente páro de seguir se não me agrada mais. Não tenho muito pudor com relação a isso.

O que eu não tolero mesmo é plágio, isso me dá nos nervos!

E quanto aos links no blogroll, acho que a coisa não é tão linear, a gente linka por diversos motivos, como vc mesma listou os seus. Retribuição é uma delas, além de se identificar com o blog. Eu procuro colocar aqueles que eu leio, mas não sou tão rígida quanto a isso!

Beijos
Amandinha disse…
Oi Dafni!
gostei do ponto que vc comentou sobre seguidores, é a pura verdade que o numero de seguidores nada tem a ver com o numero de comentarios....e sim com as pessoas que se identificam verdadeiramente com o blog, né!adorei o post!]bjs
amandinha
Ai que doida! disse…
Oi Dáfni!!! Excelente texto.... define em grande parte os sentimentos e experiências das blogueiras! Obrigada pela visita ao Brogue! Pois é, a Marisa está quebrando barreiras com a nova coleção. hahaha Bjo!
MeninaBr disse…
super bacana o post! adorei !!!
Beijo flor e melhoras
Babi disse…
Adorei o post e concordo com tudo o que vc disse. Não tenho blog justamente por esses motivos citados acima.
Acompanho seu blog todos os dias e adoro tudo oq ue vc escreve.
bj
Denise Mercedes disse…
Dáfni,
quer dizer que depois de amanhã seu blog completa um aninho!!!!! Parabéns!
Adorei saber que foi seu desejo de voltar a escrever que te animou a ter um blog: esse foi o meu tb!
Sobre as questões desse mundo blogueiro de beleza: penso como vc! Respeito blogs que tem parceria de forma séria, mas os que tem milhões já me desanimam como leitora... As panelinhas tb são algo que eu não ligo e nem almejo. Assim como a profusão de posts sobre eventos cansa, apesar de algumas pessoas fazerem de uma forma que eu curto.
No mais, gostei do que você falou sobre leitoras/seguidores; eu sempre achei estranhíssimo essa idéia de seguidores. Até que eu comecei a realmente seguir alguns blogs como o seu, o da Karen, o da Ju: seguir, para mim, é gostar do conteúdo, da pessoa, comentar, acompanhar. Por isso tinha resistência a colocar a barra de seguidores no meu blog! Não quero (com o blog) "colecionar" número de seguidores! Quero essa troca e amizade bonita e intensa que tenho com as pessoas que estão ali sempre (e que eu estou no blog delas, pq gosto, não por "rciprocidade"). Enfim, para mim as maiores alegrias com o blog são duas das que vc citou: escrever e trocar idéias e a vida com pessoas como vc!
bjs
Danielle Littera disse…
Pois é, Dáfni.
O meu cabelo é meio lá, meio cá e essa indefinição ainda é aviltada pela tinta que eu uso, então tem que dar um jeito nas madeixas. :)

Sobre o seu post, estou em concordância em muita coisa. O que eu acho é que o legal mesmo é conversar sobre cosméticos e make, aprender sim com os posts com resenhas, juntar opiniões pra ver se vale a pena comprar aquele produto, enfim...

Eu sigo vários blogs que nem olho diariamente. Pra falar a verdae tem uns 5 na minha lista diária,

Tbm admito que a minha visão sobre make mudou bastante depois que comecei a ler os posts. Uso MAC há muito mais tempo que essa gente que vc escreve sobre MAC, mas nunca divulguei isso. Mas hj vejo diversão nesse assunto e é só, eu ganho a vida com outra coisa, sou professora. :)

Beijocas.
Desejo suas melhoras.
Lis Tavares disse…
Oi Dáf, ontem fiz um coment. gigante e não entrou. Estava lendo tudo aqui como sempre e achei muita coincidência, tava tentando monntar um blog, escrever algo, pensei em um tema, mas nada veio de interessante, acho a blogosfera tão lotada de informações e meninas belas e ricas, cheias de mac, make up forever, UD, pensei até nesse nome 'make up forever' depois achei clichê, ai pensei e o post, meu primeiro post. Adivinha, veio na mente, vou falar sofre a Dáf e o Veramente bella, afinal só ela sabe dessa minha 'nova vontade', ai começei, depois apaguei tudooo, quando vi tudo montado, deu medo sai correndo, exclui o blog. Volto a ser leitora.
Amei o post, dicas ótimas, você é realmente alguém muito especial, quem te tem como leitora, tem 50% da melhor parte das leitoras.
Os outro 50, fica para mim e as outras 5545464564545546, que estão por ai.
Um beijooooo
Gaspinha disse…
Dafni

Excelente post! Me sinto exatamente assim, como blogueira. A infinidade de blogs me assusta, mas é um sinal dos tempos!
Obrigada por expressar tão bem os sentimentos na blogsfera!
http://gaspinha.blogspot.com
Bjks
Patricia Harumi disse…
Dáfni!!!!
Como sempre seus posts, inteligentes e sensatos!!!

Adorei e li tudo!!!rs

Eu tbem começei inspirada nas mais famosas, mas hoj em dia, quase nao consigo ler todos os Blogs que gosto, e alguns, desisti...


Eu ja recebi tbem algumas propostas, mas de tão indecentes, na sua maioria, nem respondo...
Acho que algumas empresas, querem se aproveitar, do "marketing gratuito"...
Mas tbem, nunca fui atrás de parcerias, e nem sei qual é o caminho pra isso...
Algumas marcas já enviaram produtos para mim, enviando email e pedindo o endereço, mas sem regras e nem eu era obrigada a postar o que ganhei...

Como disse a Carlinha, é muito bom receber, um mimo...rs
Mas não´é por isso, que vou me sentir a tal...rsrs...

Parabéns pelo post!Adorei!!!
Dáfni disse…
Amandinha, que bom que gostou! E pior que eu só falei o óbvio no caso dos seguidores, pois é só ver como blogs com muitos seguidores não têm tantos comentários como esperaríamos que tivesse, né?

Ai que doida, obrigada! E obrigada pela visita!

MeninaBr, que bom que gostou! E obrigada pelos desejos de melhoras!

Babi, que bom! Fico feliz de saber... obrigada mesmo!

Beijos
Dáfni disse…
Denise, hoje está completando um ano! E vai ter comemoração, talvez amanhã...

Pois é, nossos objetivos são um pouco diferentes de muitos blogs, o que não nos faz melhores que ninguém, apenas diferentes. Acho que o mais importante é ser honesta com as leitoras, mostrar a cara verdadeira, ao invés de querer sustentar uma postura que não se tem. Eu sigo blogs que tem objetivo financeiro e profissional, e nem por isso gosto mesmo. Mas as pessoas deixaram bem claro isso, e portanto, não me sinto enganada!

E claro, a melhor parte são as amizades e a interação, com certeza!

Beijos!
Dáfni disse…
Danielle, essa troca de experiências é super útil, tanto é que praticamente parei de ler revistas femininas, porque nem sempre estas revistas falam do produto que eu gostaria de saber a opinião...

Ah, e legal saber que vc também é professora! Mais uma colega na blogosfera! :)

Beijos
Dáfni disse…
Lis, é uma saco quando o comentário não vai, né?

Fiquei rindo aqui da sua tentativa de criar um blog, porque eu também fiquei numa expectativa grande e queria que tudo fosse perfeito - nome, posts, etc. Só depois que eu relaxei e comecei a fazer posts com o que viesse na cabeça é que a coisa fluiu! Demora um pouquinho pra gente se sentir confiante, e não se importar tanto com o que escreve...

Ah, e fico muito lisonjeada com o que disse sobre mim! De verdade! :)

Beijos
Dáfni disse…
Gaspinha, puxa, que bom que gostou do post! E de nada! :)

Sinal dos tempos sim, de que agora quase todo mundo tem acesso à internet e muita gente descobriu esta ferramenta. Mas muita gente acaba desistindo, e provavelmente esta febre vai se dissipar até ficar quem realmente gosta e tem paciência para blogar. Acho que vai acontecer assim, sabe? Como foi com o Orkut, por exemplo.

Beijos
Dáfni disse…
Patricia, obrigada! :)

É legal a gente fazer este retrospecto do porquê ter entrado nisso, né? Até pra ver como as coisas vão mudando...

E sim, é bom receber mimos. Eu não recebi nada até agora, mas se recebesse, ia ficar feliz. Mas parceria é algo sério, não seria assim do dia pra noite!

Beijos
antoniajmc disse…
Oi Dáfni!
Adorei seu balanço, concordo com vc sobre esses assuntos das parcerias, encontrinhos e panelinhas... quando eu comecei com o Ciao, Bella nunca quis parcerias porque acho as empresas sem noção também, mas eu me importava com isso das panelinhas e dos seguidores, mas depois que conheci vc, a Denise, a Karem, a Ju e outras meninas percebi que essa não é a minha, eu gosto é de trocar idéias com pessoas como vcs!
Não quero tbm ficar publicando só posts sobre as "coisas do momento", acho isso um tédio, quero falar das coisas do momento na minha cabeça!
beijos
Antonia
Dáfni disse…
Antonia, legal que pense assim também! Eu acho seu blog uma graça, muito organizado e com posts bem legais! E o melhor: muita coisa que vc fala a gente não vê por aí, como aquela paleta Sleek... acho que isso é um diferencial seu!

Beijos
Dáfni, amei e assino embaixo tudo que citou!!
Olha, é por isso que vc e seu blog é sucesso, pq vc sempre se preocupa com a qualidade e não com a quantidade e isso é tudo amiga!!
adorooooooooooooooooo
bjão
Dáfni disse…
Jana, que bom que gostou! E obrigada pelos elogios!

Adoro seu blog também, porque vejo que vc o faz por prazer, quando dá tempo e com carinho... aprecio muito isso!

Beijos
STÉFANY disse…
oie!!! já repassei meu e-mail!!
fiquei muito feliz de ter sido sorteada!!
e muito feliz por vc!!Parabéns q esse bebe traga muitas felicidades pra sua família!!
bj...
Dáfni disse…
Stéfany, que bom! Agora só esperar o prêmio, né? Acho que vc vai gostar...

E obrigada! :)

Beijos
Dáfni, como não tinha atualizações, estou aqui xeretando seu blog, pois váriso posts eu não li, e adorei esta postagem, pois concordo com você em tudo, talvez este comentário não seria o mesmo se o tivesse deixado em setembro, hoje estou mais "madura" e mais relaxada!!Também gostei muito do que a Carlinha escreveu!!Bjs, e ótima semana Va.
Dáfni disse…
Va,

Sabe que eu reli o post e nem lembrava que tinha escrito tanta coisa? (rs) Mas de forma geral ainda acho o que escrevi, e as coisas que a Carlinha escreveu foram fundamentais para eu ver um outro lado também. Enfim, gosto da participação de vcs e da troca que a gente faz através deste espaço, e opiniões de todas as ordens são super bem-vindas!

Beijos

Postagens mais visitadas