Chanel Joues Contraste Powder Blush cor Frivole (76)

Olás!

No post em que falei da loja Glamourosa, a Renata me pediu resenha deste blush. Como promessa é dívida, aqui está uma avaliação preliminar com fotos de dois looks, que foram os momentos em que usei o blush.

Como comentado naquele post, eu comprei na Glamourosa este blush que vem a ser o meu primeiro Chanel - já comprei paletas de sombras, sombras unitárias, batons e bases da marca, mas não tinha nenhum blush. No entanto, a Renata já havia me falado que eles são bons, e decidi nesta compra "testar" um, com uma cor que vem sendo a minha obsessão nos últimos meses (devo ter comprado vários blushes corais e laranjas... (rs)). Ele é um coral com mais cor laranja do que rosa, muito bonito e discreto. A foto acima do blush é sem flash.
 Foto acima com flash. As fotos da resenha do Temptalia puxam bem mais para laranja, mas acreditem, não é laranja como aparece lá!
Swatch no dedo sem flash.

Bom, vou resumir a minha impressão dele para depois colocar as fotos das makes: ele é um blush de uma cor boa, que eu não amei, e talvez por isso não tenha ficado tão empolgada com ele. No entanto, em termos de qualidade do produto, dou nota máxima: é um produto extremamente delicado, que permite aplicação do blush aos poucos, sem deixá-la com cara de palhaça. Pra roubar uma expressão cunhada pela Renata do Conversa de Beleza, não é um blush ignorante (rs). Explico: a Renata chama as sombras com super pigmentação de ignorantes. Pois não é o caso deste blush, pois a pigmentação dele é boa, mas se formos construindo as camadas.

O pó é bem fino, o que me faz pensar que seja o motivo para que o blush se funda com a pele, e não fique apenas pairando sobre ela (acho que esta questão de pairar sobre a pele é expressão da outra Renata, a do Makeupalooza!). É interessante ver que a pele por baixo do blush continua sendo a sua pele, e não uma base para o blush. Não sei se me fiz entender, mas essa característica eu não consigo lembrar se ficou tão clara pra mim em blushes de outras marcas. De qualquer forma, é uma qualidade que faz o produto parecer "natural" sobre a pele, apesar da cor. Parece mesmo que ele se funde, penetra nos poros e deixa a bochecha com aparência natural.

Vale a pena ter? Se vc é uma aficcionada por maquiagem, muito além da instrumentalização da mesma, mas como um hobby, vale. Se vc só quer um blush para aplicar no rosto, não. Isso porque esses detalhes que eu estou contando aqui só serão percebidos por quem gosta e entende um mínimo de maquiagem, que vai olhar e vai notar essas diferenças sutis. Para quem só vê o resultado final de forma geral, qualquer blush bem aplicado vai estar OK. Digo isso porque ele não é barato, então a grande maioria das pessoas podem viver sem ele (algumas não! - rs).

Agora, fotos da aplicação dele na pele!

Make 1:
Foto tirada na hora que terminei de me maquiar.
Foto tirada após umas 4 ou 5 horas depois da aplicação - cadê ele? (rs) Continua lá, MUITO discretamente... (rs)

Make 2:
Um pouco mais visível, mas ainda camuflado (rs). Neste make eu também fiz contorno abaixo do osso da maçã.
Após algumas horas (4 ou 5), ele está lá discreto como sempre!

Não acho que a duração foi super boa, mas em geral nenhum blush dura muito comigo, principalmente quando eu suo - caso das ocasiões em que usei estas makes. Gostei da qualidade do produto, mas não amei a cor.

Enfim, acho que era isso! Não tenho certeza se falei tudo, mas essas foram as impressões mais marcantes no uso do blush...

Alguém recomenda alguma outra cor de blush da marca?

Beijos!
P.S.: perceberam que as fotos são dos mesmos looks que mostrei na resenha da base Chanel? (rs) Economia de makes! (rs)

Comentários

Mariana Portella disse…
é lindo demais!!

beijão
http://brincandodesemaquiar.blogspot.com.br/
Denise Mercedes disse…
Dáf,
eu amei a cor! rs
Tenho só um blush bronzer de tripinhas da Chanel e tb reparei que não dura muito. Mas, para ser sincera, nenhum blush está durando muito em mim: é a revolta dos blushes! kkkkk
Amei seu batom da segunda make.
Ahahaha, adorei o "economia de makes", kkk.
Vai ter post do esmalte verdinho LINDO??? ; )
Beijos!
Renata disse…
Eu achei ele lindo no rosto! Na embalagem, não, mas no rosto ficou lindo. Engraçado como isso acontece com os blushes da Chanel. Parecem com qualquer outro, ou até são feinhos na embalagem, mas aplicados eles melhoram nossa cara, têm alguma coisa... Fico achando que qualquer blush deles fica bom no rosto - mesmo que pareçam que não ficariam.

Ah, a palavra que vc está procurando acho que é "transparente", ou "translúcido". Eu também só gosto de blushes assim. Detesto, detesto com força blushes opacos. Em todo caso, sua explicação ficou clara, sim. :)

bjs! Obrigada :-*

Dáfni disse…
@Denise Mercedes

O batom da segunda make é o Delectable da MAC, da linha Matene.

Kkkk... com Yasmim só economizando make mesmo pra poder fazer mais posts pro blog!

Então, eu falei um pouco dele no post da Glamourosa... não sei se vale a pena falar mais do que citei lá!

Beijos
Dáfni disse…
@Renata

Isso mesmo, translúcido! Sou péssima para explicar propriedades, cores... neste quesito, meu cérebro é bem masculino! (rs)

De nada! :)

Beijos

Postagens mais visitadas