Da dificuldade de manter o blog (ou o que aconteceu comigo no último ano)

Olás!

Faz algum tempo que eu queria falar um pouco sobre mim aqui e sobre a minha relação com o blog, mas eu não tinha muita vontade ou estrutura para fazer isso. Mas passada a pior parte, que foi me curar e voltar a me equilibrar, agora eu posso dizer que o que ficou disso tudo foram várias lições, e felizmente, hoje eu vejo que as coisas ruins precisavam acontecer para eu poder retomar alguns rumos na minha vida.

Como eu falei neste post aqui, no final de 2010 eu tive uma gravidez que não foi para frente. Na época eu consegui lidar com isso até que tranquilamente. No entanto, no meio do ano, eu tive uma decepção bastante grande com uma pessoa muito próxima que desencadeou um processo bastante doloroso e complicado, que entre outras coisas me fez ver que eu não trabalhei a questão da gravidez (ou seja, não resolvi pra mim a perda) e me fez adoecer fisicamente.

No final do ano passado, eu fiquei muito doente, tendo me afastado do meu trabalho algumas vezes. No fim das contas, o que descobrimos (eu e meu médico) é que eu tenho (ou tinha) hipotireoidismo, que é uma concentração mais baixa do que o normal dos hormônios da tireóide. Entre outras coisas, o hipotireoidismo causa: aumento de peso, depressão, pele seca, desaceleração do metabolismo. Ganhei ao menos cinco quilos, todos concentrados na minha barriga e glúteos, o que no meu caso não foi tão drástico, visto que sempre fui bastante magra. Mas esse ganho de peso até levou a correr um boato de que eu estava grávida - o que levei na maior esportiva, pois antes fosse isso. Mas para uma pessoa que, como eu, sempre teve um metabolismo acelerado, me causou um estranhamento ganhar e ganhar mais quilos sendo que eu nem estava comendo tanto, ou nem estava tão parada assim. Sem falar na depressão, que é uma das doenças mais devastadoras que se pode experimentar. Então, como vcs podem imaginar, minha auto-estima, que já andava abalada, foi para o fundo do poço.

Nessa crise toda, eu não tinha muita vontade de ler ou escrever. O blog ficou cada vez mais parado, tendo semanas que nem as melhores leituras sairam. Apesar deste blog ser motivo de alegria pra mim, não tinha como mantê-lo, porque escrever é algo que eu faço com a alma, e quando a alma não vai bem, nada de bom pode sair dali.

Enfim, hoje estou medicada e já superei uma série de coisas (a minha relação com meu corpo, o medo de passar por mais uma gravidez sem futuro), mas ainda estou tentando retornar a uma rotina que eu tinha antes de ficar doente. Não é muito fácil, mas a certeza que este espaço sempre me trouxe alegria e amizades que se consolidaram aqui e fazem parte da minha vida real é o que me move. Não estou sendo a blogueira mais organizada do mundo, nem a comentarista mais presente, mas tenham a certeza que há uma vontade muito grande de continuar por aqui, e acho que é isso que conta. Porque se não fosse o blog, eu não teria conhecido pessoas que hoje eu me correspondo diariamente (ou quase) e que foram fundamentais para a minha cura. E é aqui que eu me sinto criança de novo, brincando de maquiagem e falando de coisas que não têm nada a ver com a vida séria de um adulto, mas que fazem muito bem! :)

Um grande beijo a todos meus leitores e leitoras, e em especial, às grandes amigas que sempre estiveram por aqui!


Comentários

Toque Essencial disse…
Dáfni querida, que bom que já está melhor.
Vou estar sempre por perto aqui no blog!!
Beijao para vc
Andrea
Milena disse…
Que bom que vc conseguiu um diagnóstico relativamente rápido, e está se sentindo melhor, Dáfni.

Eu entendo o que vc diz sobre a vontade de escrever. Quando a gente não se sente bem disposta, fica complicado manter o estado de espírito necessário pra fazer algo que deveria ser leve e divertido. Todo mundo já tem tanta responsabilidade no dia-a-dia, que não há porque transformar diversão em obrigação.

Fico feliz que vc está se recuperando. O mais importante é cuidar da saúde, a rotina vai entrando nos eixos aos poucos. ;)

Quanto ao blog, não se preocupe. Estávamos aqui esperando seu retorno. :)

Beijos!
Anônimo disse…
Querida Dafni: sou só uma leitora, também percebi sua ausência, fiquei preocupada quando você disse que era por motivo de saúde, mas que bom que você está melhorando. Se cuide, corpo e cabeça, por mais que eu adore ler seus textos eu prefiro saber que a pessoa por de tras das letrinhas está bem. Grande abraço. Roberta, Curitiba
Lilian disse…
essa é a Dáfni que eu conheço.....
Que bom, vc vai ver que Deus vai honrar sua atidude de lutar pela vida.....
Como te conheci relativamente bem, eu sempre olhava nos seus olhos e via que estava sem brilho. Fico muito feliz em ler essas palavras e acompanhar seu "retorno". Fique com Deus e saiba que pode contar com minha orações para que sua vida seja recheada de sonhos realizados...e não esqueça de contar as "novidades" para suas leitoras...logo logo terá muito mais...estou esperando, viu!?
Beijão....
Betty Gaeta disse…
Oi Dáfni,
Eu senti a diminuição dos posts e se não cobrei sua presença foi pq sabia de seus problemas, ou parcialmente sabia. Eu fiz do blog a minha terapia e acho que seu blog pode ajudar a vc tb. Blog não é para ser uma tortura, mas sim um diversão, afinal não ganhamos nada com ele, a não ser amizades.
Vou torcer muito para ter a Dáfni de antes presente aqui, pois sinto muita falta de vc. Vc foi uma das minhas primeiras seguidoras e não quero perdê-la (meu lado egoista falando).
Sinta-se fortemente abraçada por mim.
Beijos 1000 e um ótimo final de semana para vc.

www.gosto-disto.com
Força!!!! É o que te desejo. Força para continuar, para passar pelo problemas e para seguir em frente!!!

Um grande beijo!
Lívia
.lívia. disse…
poxa dafni, bem q estranhei sua ausencia aqui... tbm já passei por um momento dificil de depressão q precisou de muita terapia e medicamento, sei q ñ é facil, mas que bom que vc está se recuperando, vc é uma pessoa super fofa, inteligente, especial, te desejo o melhor! mt força pra vc flor e ñ suma daqui ;)
Flavia disse…
Força, Dáfni.
Tbm já pensei em desistir do blog várias vezes.
Espero ver seus posts novamente.
Fica na paz.
Anônimo disse…
Dáfni, nunca comentei aqui, mas sou uma leitora assídua. Sempre gostei de entrar aqui porque em uma época em que os blogs estão aumentando e se tornando cada vez maiores, me sentia aliviada de ver que aqui podia encontrar uma pessoa de verdade. E lendo esse post vi que essa pessoa de verdade era capaz de me despertar sentimentos de verdade também! Desejo de coração que você possa estar bem. E, se os posts voltarem com a frequencia de antes, será apenas uma consequencia. Enquanto isso, estaremos aguardando (ansiosas rs)!! um grande beijo.
Priscila B.P disse…
Vc escreve pra sair desse mundo que nos engole e muitas como eu não possuem um blog mas com as leituras compartilhamos sonhos, dores, idéias, sugestões entre tantos outros.
Siga sempre em frente!
Miss Blueberry disse…
Faço minhas as palavras de todas, Dáfni! Espero q vc melhore logo. Tenho certeza de q essa pessoa q te decepcionou não vale um dedinho seu.

Um grande abraço!
Pri S. disse…
Eu acho que vc já está melhorando e está no caminho certo, sabe? Só de vir aqui, se expor com essa coragem toda, encarar os problemas de frente e se dispor a dar o seu melhor para resolvê-los, já mostra um outro estado de espírito.

Vc sabe o quanto eu te admiro. E torço muito pela sua felicidade. Basta olhar o mundo ao redor para sabermos que todos nós passamos por fases, por questões emocionais, de saúde e ninguém está livre de de vez em quando precisar olhar mais pra si e cuidar-se para resolver aquele problema que veio nos visitar.

Fico feliz que vc esteja fazendo isso! :-) E, mais ainda: que seja humana, sincera e não viva eternamente neste mundo cor-de-rosa que as pessoas fingem viver. É muito mais fácil nos sentirmos identificadas com pessoas que vivem e tem problemas, exatamente como nós, do que com blogueiras pop star que parecem viver eternamente num grande lago inabalável de superficialidade.

Bjos! Estou na torcida!
Angel disse…
Dáfni!
Que bom que vc voltou e está melhorando! Nossa, quanta coisa realmente aconteceu em sua vida, mas o mais importante é que vc está se recuperando e se fortalecendo.
Descobrimos há pouco tempo que meu marido está com problemas na tireóide também, mas está alternando muito, um mês o resultado dá hipertireoidismo, no outo hipotireoidismo, tá meio confuso ainda, por isso todos os meses temos ido ao médico para fazer exames e acompanhar os níveis. Ele ainda não está tomando nenhum medicamento e sente poucos efeitos da disfunção.
Espero que vc se recupere rapidinho querida e volte com força total com seus videos e posts maravilhosos!
Conte com a nossa força pra te ajudar viu! Estamos aqui!

Beijos de uma leitora do Japão!

Angel
http://muitomaisglamour.blogspot.jp/
Lis Tavares disse…
Oi Dáf!
Apesar de não nos falarmos, a não ser por aqui mesmo, tenho um grande carinho e admiração por você. Já acompanho seu blog a tempos e passamos por muitas coisas parecidas, pode crer. Eu tenho me curar de uma depressão que já se arrasta por três anos. Agora quando eu estava plena e mais serena, bombas começaram a estourar no meu relacionamento e findou. Estou realmente passando por momentos bem complicados. Entretanto, confiando que tudo isso uma hora vai passar.
Espero que tudo se ajeite, eu também amo blogar, amo meu cantinho, amo visitar vocês, amo manter esse contato, mas tem dias que tudo que eu desejo é sumir desse mundo, apagar, dormir, ficar off.
Que tenhamos coragem para suportar as dores e serenidade pra retornar nossas vidas, te admiro muito Dáf. Você não sabe o quanto. Um beijo
Alyne Ramos disse…
Querida Dáfni, não conhecia o seu blog e ao passar por aqui e ler seu post, quantas coincidências!! Eu também tive uma gravidez que não foi para frente, tive hipo, entrei em hiper e no final fiquei com uma bela tireoidite. Mas o que tenho para te dizer é que tudo nessa vida passa. Portanto tenha ânimo, essa fase vai passar e você vai se adaptar, tanto às medicações quanto às mudanças que essa glândula tão pequenininha causa na vida da gente. Desejo-te força e coragem! Beijão!!

Alyne Ramos
www.blogestilomeu.blogspot.com
Dáfni...estaremos sempre aqui...E que bom q tudo vem se resolvendo! :) Beijos
Amandinha disse…
Oi Daf!
as vezes, faz bem mesmo desabafar como voce fez agora!
Sabia que voce não estava bem, mas, não tinha ideia da profundidade,.....fico feliz que dia após dia voce está melhor.
Meu marido sofre de depressão há anos, e sei o quanto é duro conviver com isso...
A melhor coisa que voce faz é continuar seu tratamento, sempre com acompanhamento médico...
conte comigo no que precisar!
beijos
amandinha
Denise Mercedes disse…
Dáf,
você sabe que eu estarei aqui ou onde você estiver e me quiser por perto; mas acho que não custa repetir! Sua amizade é fundamental para mim, querida Dáf, e eu quero te ver plenamente recuperada e linda como sempre!!! E que você possa continuar aqui brincando de maquiagem, dividindo sua vida ou falando/escrevendo do que vc quiser (certamente estarei aqui, pois tenho muito prazer em ler seus textos e compartilhar nossas experiências!). Sei o quanto é bom isso pelo mesmo motivo que vc...
Que você continue nesse caminho de superação e fique bem!

Beijo grande!
Dri disse…
Oi Dáfni!

Segue um post para servir de incentivo para vc!
http://www.askmi.com.br/2012/03/ask-mi-entrevista.html

beijinhos!
:-)))
Toma seu tempo Daf, todo mundo vai estar aqui quando vc voltar, vc vai ver!
BEijos
Antonia
Dáfni disse…
Meninas, eu só tenho a agradecer o carinho que tomou conta de mim por cada mensagem que eu li. Cheguei a chorar em muitas, não de tristeza, mas de alegria por ver tantas pessoas me desejando o bem.

Como sempre, vcs não me decepcionaram.

Um grande beijo, com muito amor no coração! :)
Dáfni,
Estou na fase de não me sentir digna de ter a amizade de ninguém. Ausente, inconsequente, despirucando por aí...
Joguei um emprego pro alto, comecei em outro, cheio de emoções, que no fundo, no fundo, são o caminho que encontrei para não alimentar a tristeza. Não dando espaço pra ela, nem pra nada, nem pro blog, nem pros amigos...
Se foi o certo? Não sei.
Sei que mais que vir aqui dizer que fico feliz por te ver tão amada e querida e ao mesmo tempo, uma das pessoas que se preocupou comigo.
A Lis também...
No fundo, somos todas de carne e osso, sentimentos, alegrias e problemas.
O virtual esconde muitas coisas, mas é um instrumento que nos mostra que também existem outras pessoas, muitas delas queridas de verdade.
Um beijo de quem não demonstra, não fala/escreve, mas torce e te estima muito.
Dáfni disse…
@Carlinha Salgueiro

É claro que senti a sua falta, mas ao mesmo tempo sei que vc tem as suas questões. Pode ficar tranquila, eu sei como é ter que lidar com coisas que te consomem todo o tempo e energia.

Fiquei feliz com seu comentário, porque achei que vc tinha sumido! Quando precisar, me manda e-mail, ou liga se preferir. Eu quero é te ver bem! :)

Beijos

Postagens mais visitadas