De volta à rotina

Olás!

Esta semana finalmente iniciei as aulas com as minhas turmas. São três turmas, todas de calouros. É sempre um desafio dar aula para calouros, pois em geral eles não tem ideia da diferença entre universidade e colégio, e sempre ficam meio chocados ou brabos ao perceberem que, na universidade, o desempenho deles nas disciplinas depende muito mais deles do que do professor. Muitas vezes eles só percebem isso a poucos dias de acabar o semestre, quando não há mais tempo para reverter uma possível reprovação.

Por estes motivos que eu sempre falo sobre o que é a universidade e o que eles devem esperar de mim e dela no primeiro dia, ao apresentar o plano de ensino da disciplina. É sempre um choque, e eu vejo a maioria me olhando com desdém e, algumas vezes, raiva. Mas enfim, não posso deixar de fazer isso, de falar estas coisas: é para o bem deles.

Então na terça foi assim que iniciei as 3 aulas, uma com cada turma. E foi um dia cansativo pra mim: depois de tanto tempo sem dar aulas, e ainda uma atrás da outra (eu praticamente falei por 6 horas sem parar), no final do dia estava exausta. Tudo que eu queria era descansar, e foi o que fiz. Dormi um pouco mais tarde do que nos outros dias, para ver Law & Order - Special Victims Unit.

Hoje fiquei trabalhando na minha pesquisa. Não foi um bom dia, por uma série de coisas, a maioria relacionadas à universidade. Nada de novo, sempre os mesmos problemas: nossas condições de trabalho, a picaretagem dos colegas, a falta de atitude por parte dos chefes. Mas às vezes cansa, sabe? Às vezes dá vontade de mandar todo mundo praquele lugar, xingar meio mundo e dar um f***-se. E como pensar sobre tudo isso cansa, resolvi pintar as unhas - afinal de contas, o esmalte da MAC tinha ficado meio ralo mesmo, e eu queria testar a coleção Jóias Místicas da Risqué. Escolhi o Pedra Granada:

Como vcs já devem saber (depois do bombardeio de notícias sobre esta linha, é quase impossível que algum ser humano não saiba informações sobre a coleção), este esmalte é fosco. E é bem bonito, mais escuro do que mostra a foto: um vinho chique, que fosco ficou muito bonito. E a qualidade do esmalte? Excelente, como todos os esmaltes da Risqué: bastaram duas camadas, e secou super rápido. Acho que o único problema da Risqué é não ser ousada nas cores, porque certamente deve ser o melhor esmalte nacional.
Bonito, não? Ao menos desviou minha atenção dos problemas por... meia hora! E vcs, já testaram a coleção?

Depois deste desabafo, acho que vou me preparar pra dormir, porque amanhã tenho aula cedinho! Beijos!

Comentários

Malu disse…
Eu acho ótimo que você converse sobre isso no início das aulas com eles. Antes eu dizia que odiaaava Administração, por isso saí do curso mas, pensando bem, o que eu detestava era essa atitude dos alunos, que no caso era generalizada e não apenas um ou outro, e isso me fez odiar profundamente estar lá. O "pior" é ver que mesmo depois de 5 anos (já estão todos formados) eles não mudaram nada, continuam as mesmas 'crianças' que conheci no primeiro ano do ensino médio. :P

Mudando de assunto, mas pra quem tem a Alice in Wonderland não precisa da Summer of Love, né! Eu tenho a AiW e a Show Pony, não preciso de mais nada.

Beijos
Valentina disse…
Dáfni...

Depois de algum tempo é que a gente perceber algumas coisas... uma que eu me dei conta foi que eu entrei na faculdade, na Veterinária, com a idéia do "oba, oba", afinal tinha passado no vestibular de uma "federal"!!!! Nada de mal podia me acontecer, afinal eu era aluna de uma universidade pública e top de linha... mas... a faculdade era ótima, com certeza... eu que não tinha caído em mim e visto que a universidade não estava nem aí para a minha incrível capacidade ao passar no vestibular... e levei bomba em cima de bomba, nos primeiros semestres. E, ainda bem, nunca tive a cara de pau de reclamar dos professores nisso... rsrsrsrsrs...
Agora, na História, eu vejo a gurizada fazendo a mesma coisa e fico tão triste por eles, por perder tempo sem saber... =)

Agora eu tb tenho o pedra granada!!!! Vc viu tudo que a louquinha da Carlinha me mandou? Fiquei em choque... hehehehehe

Beijo
Karen Lommez disse…
Nossa Dáfni, somos mesmo muito parecidas! Faço exatamente a mesma cois ano primeiro dia de aula e eles reagem da mesma forma. Parece que tudo entra num ouvido e sai pelo outro até que alguma coisa acontece e eu falo EU AVISEI, NÃO FALEI TUDO AQUILO PARA ENCHER LINGUIÇA, MAS PORQUE SEI DO QUE FALO...Eles ficam impressionados! rsss. Lindo esse esmalte. Comprei mas ainda não usei. Pensei em passa-lo hj mas acabei passando um vermelho da MAC, vou mostrar amanhã. Ah, Law & Order SVU ontem foi muuito bom! Vi quando cheguei da aula. Depois me conta se o doc entrou direitinho, ok??? BJK
Emanuelly Guedes disse…
Deve ser dificil ser professor,mas tem suas recompensas!
Adorei o esmalte,linda a cor e o efeito matte dessa coleção é perfeito!Beijooo
Não sei se rio ou choro rsrs. É que só quem enfrenta 70 alunos recém saídos do colégio sabe do que vc está falando.
Essa missão que escolhemos não é nada fácil mas existem aqueles por quem vale a pena ;)
Beijos!!!
Vanessa disse…
Oi Dafni...

Eu ja sai do colegial preparada para a universidade....tinha amizade com alguns professores e eles orientaram sobre isso. Me lembro no comeco das aulas, pos trote. Fiquei em choque como alguns alunos se comportavam como se estivessem no ginasio, nem no colegial. Naquele ano muitos ficaram de exame na facul. Lembro tambem de muitos professores falando no comeco das aulas que ali muita coisa dependeria tao somente de nosso desempenho e dedicacao, nao adiantando jogar a culpa no professor, diretor, reitor...pq de nada adiantaria. Mas nao adiantou nada porque muita gente vem despreparada, vem "verde" da escola. Ainda mais a galera que estuda no periodo matinal e nao trabalha. So aguentei o primeiro ano e no fim dele pedi transferencia pra noite. Foi a melhor coisa que eu fiz por mim. Era outro universo, parecia outra faculdade!
Vejo hoje em dia que muitos ainda terao que chupar o limao pra ver se ele e azedo....poucos ja saberao!

Mas admiro imensamente e valorizo o trabalho de educadores como o seu, da Valentina, da Karen e de tantas outras guerreiras que fazem de seus limites fisicos e psicologicos quase que intransponiveis pelo bem maior!

Quanto as unhas...eu gosto, ainda mais no tom vermelho...se enjoar de mate...nada que uma camada de extra brilho ou um top coat nao resolva nao e msm?

Bjs
Van
eu tenho esse esmaltito e daqui a pouco vou usar...estou aos poucos ficando discreta depois da onda neon...kkkk....
e bom, eu sou prof. tb, claro, da ed infantil, é bem diferente, e tem seus problemas iguais, mas a maioria dos problemas nao sao com os alunos...kkk...
e trabalhar numa instituição tem disso...faz parte...sei bem o que fala..mas o q importa no final das contas é amar o que se faz, o seu propósito...
e garanto, depende deles sim...do empenho...mas com o afeto, a escuta da prof. o pulo é muito mais alto nee??
bjo queridonaaaa
naomemandeflores disse…
Eu também sempre assisto Law & Order - Special Victims Unit!

:)
NaNaHaRa disse…
Mas meniiiiinaaaaaaa... aula de que você dá?! POr que se for compreensão e interpretação de texto, quando eu tive na faculdade eu fiquei com muita raiva mesmo... akakakakakak Por que pra quem teve uma boa base no 2º grau no português, essa matéria na faculdade é bába, mas é obrigatória, fazerôque...
Eu demorei para entender que estava na faculdade e não cursando o 4º ano (depois do 3º ano do 2º grau...) É difícil, por que não dá para levar com a barriga... akakakak Mas depois se acostuma ou pula fóra... Dá essa dica para as criaturas...
aEHOiHUEAUHauiehUIehAOEUIhaoEUIh
As vezes eu falo umas coisas sem pensar, a expressão"para ver Deus", minha mãe que falava, que ela tinha um perfume, o Anais Anais, que antigamente era muito mais caro que hoje em dia, e ela falava qe era para "Ver Deus", uma ocasião super especial, festa, batizado, casamento... eu sempre tive esta no meu repertório, mas eu acho que remete aos domingos... ahoauihauihauioahauoahouh coloca a melhor roupa para ir na missa de domingo...
aehoEUIhUIehAOeuihEOuihEOuiHuiHEouiHiouAH
=***
Dáfni disse…
Malu, é verdade, tem gente que não aprende nunca, mesmo se formando! Ah, e vc tem razão: quem tem a paleta da Alice não precisa MESMO da outra!

Valentina, é uma pena mesmo ver os calouros perdendo tempo... mas com o tempo, eles aprendem! Ou desistem...

Eu vi sim os presentes que ganhou da Carlinha! Ela é um doce mesmo!

Karen, é verdade! A gente é bem parecida mesmo...
E entrou o DOC sim! Obrigada!

Manu, é difícil, mas como qualquer outra profissão: tem coisas boas e ruins!

Carol, vc também é professora?

Beijos
Dáfni disse…
Van, obrigada! E sim, o vermelho fosco ficou muito bonito!

Nah, eu sempre tento cativar meus alunos. Mas quando falo sério, sou meio bruxa mesmo! (rs) Mas é claro, eu acabo me afeiçoando por eles - são quase como os meus filhos! (rs) Todo sermão que eu dou é porque eu quero, de verdade, que eles se saiam bem...

Beijos
Dáfni disse…
Camila, eu acho super legal Law & Order SVU! Pena que nem sempre eu consigo ver...

Thaís, eu dou aula de CÁLCULO e GEOMETRIA ANALÍTICA! Mesmo sabendo que vc não fez faculdade na área de exatas, já deve ter ouvido falar que estas disciplinas são "difíceis, chatas, quase impossíveis de passar".

Quando eu estava na faculdade (eu sou formada em Física), meu ex-namorado tinha uma banda, e uma das músicas que eles tocavam, de autoria própria, tinha o título "I hate GA" (GA - abreviação de Geometria Analítica). Percebeu meu drama?

Em geral, eu reprovo 80% da turma, e não é porque eu sou ruim não! 50% já reprovam por frequência, o resto porque não tem condições. E do pessoal que passou, passou na tampa. É meio desesperador se deparar com esta realidade TODO SEMESTRE, independente de turma, porque todo professor quer que seus alunos passem e aprendam com ele (pelo menos os bons professores). E eu tenho que me contentar com passar alguém... É meio triste.

Enfim, um dos grandes motivos de reprovação nestas disciplinas é a base fraca em matemática que os alunos tiveram no ensino fundamental e médio. E isto eu não posso consertar, não tem como! Seria como tentar recuperar anos e anos de má formação, coisa que eu não tenho tempo pra fazer. Então, o que me resta, é vê-los reprovando, porque não têm condições nenhuma de passar. E isto é revoltante.

Eu sei que isto aqui já está um tratado, mas enfim... só pra vc entender como as coisas são!

Beijos
Miss Blueberry disse…
Dáfni, gosto muito do seu blog! Gostei da sua sinceridade pq me vejo assim às vezes tbm, com vontade de mandar todo mundo pra aquele lugar. E vou fazer s unhas para extravazar, hahaha.

Beijos!
Dáfni!!!Sou professora também, mas de Direito Civil...Adorei o layout!!Ficou um charme ;)
Beijoos
Dáfni, adorei a resposta no comentário e tbem vou dar meu relato, pode?

Antes, saiba que vou querer umas aulinhas com você. Para relembrar!

O que vc disse sobre a base do segundo grau é a mais pura realidade. Mesmo tendo tido uma base boa, estudei em escola técnica, então faltou muita coisa do básico, sofri horrores nos Calculos 1 e 2 na faculdade publica, tinha um professor ótimo, ensinava mesmo e se recusava a facilitar para o aluno passar, muita gente reprovava, eu inclusive. Ele era o odiado, e eu a considerada a puxa sacos. Mas, na boa, ele tinha coisa para passar e não enrolava. O povo tem preguiça. Mesmo não gostando, ficava super feliz em conseguir, e saber que consegui porque entendi! Fiquei sabendo que ele finalmente foi expulso da faculdade depois de tanta reclamação e alunos reprovando. Triste. :(

No fim, qdo vc consegue aprender, com muita dedicação é uma felicidade, mas tem que buscar lá na base... E nunca culpar o professor. Me conforta saber que pelo menos esta consciência eu tinha.

Na faculdade de engenharia, depois de três anos "saída" dos outros cálculo sofri um pouco mais.
Daí meio que peguei trauma, não é minha praia mesmo, apesar de eu ser das exatas, prefiro ver as contas que me levam a algum lugar mais concreto, por mais contraditório que isto possa parecer.

Não se preocupe, nunca vai haver uma ponte para você ter medo de passar por cima ou por baixo projetada (ou calculada) por mim!

E eu comprei esta cor de esmaltes também, pretendo usar logo, achei um vermelho tão chique!

Beijos!
Dáfni disse…
Miss Blueberry, que bom que gosta!

Carol, que legal - mais uma professora que eu conheço na blogosfera!

Carlinha, eu entendo perfeitamente o que diz. Eu não acho que todo mundo deva saber cálculo ou matemática como um matemático ou um professor destas disciplinas; eu só acho que, o mínimo, aquele que dá pra passar sem aperto, é necessário, mas principalmente pra quem vai pra área acadêmica!

É muito comum os alunos reclamarem de não ver a aplicação das coisas que ensino. Posso dizer que isto é uma falha muito comum que os professores cometem: não contextualizar o que estão ensinando! E por este motivo muita gente ODEIA cálculo, física...

Não vou ficar com medo de passar embaixo de uma ponte projetada por vc! (rs) Tenho certeza que é muito competente no que faz!

Beijos

Postagens mais visitadas