Compras na fronteira do RS - Aceguá

Olás!

Faz um tempinho que queria escrever este post, e nada melhor do que agora, quando mais um freeshop foi inaugurado em Aceguá, ou seja, o post estará atualizadíssimo!

Aceguá é uma cidade na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, a 60 km de Bagé. Na verdade, as duas cidades que fazem fronteira do lado do Brasil e do Uruguai se chamam Aceguá. É muito pequenininha, mas nos últimos anos ganhou movimento e atenção com a ida do primeiro freeshop para lá, a Neutral. Hoje são 3 freeshops, sendo que o último, o Duty Free Americas, foi inaugurado dia 20/12/2012.

A vantagem pra nós que moramos aqui em Bagé é que fica muito mais perto do que ir para Rivera, cidade uruguaia que também tem freeshops e fica na fronteira com Santana do Livramento, ou seja, a 150 km. Não tem a variedade e o número de freeshops de Rivera, mas há um básico de produtos que pode agradar a maioria. Com a vinda deste terceiro freeshop, podemos ter a esperança que Aceguá cresça ainda mais, né?

Vou falar um pouquinho o que encontrar em cada uma das lojas, assim dá pra saber se vale a pena ir a Aceguá ou Rivera é mais adequada para o que se procura.

Neutral
Foi a primeira que inaugurou por aqui, mas não consigo me lembrar em que ano. Começou com o básico do básico, mas já passou por várias reformas e parece estar sempre se expandindo. Ainda não tem todas as marcas que tem a Neutral de Rivera, mas quebra um galho.

Em termos de maquiagem, hoje em dia acha-se lá as marcas Revlon, L'Oreal, Dior, Lancôme, Shiseido (pouquinho), Pupa, Clinique. No caso de produtos de tratamento, ainda tem Philosophy, Biotherm, L'Occitane, além das marcas mencionadas anteriormente. Produtos para cabelo: Tigi, TRESemme, John Frieda. Hidratantes: Victoria's Secret, St. Yves, Nivea. Esmalte: Sally Hansen e Revlon. Perfumes: as mais variadas marcas e tipos - é o item de cosméticos que mais tem variedade. Produtos para bebês: Chicco. Protetor solar: Banana Boat, Hawaiian Tropic.

Tem ainda um setor inteiro só de criança e bebês, que vale a pena conferir, com as marcas BebeSit, Chicco, Philips Avent. Roupas das marcas Tommy Hilfiger, GAP, Lacoste, Adidas, Nike, Puma. Setor de eletrodomésticos - liquidificadores, máquinas de café, splits, centrífugas, TV's, celulares, tablets... enfim, tem um pouquinho de tudo, mas certamente não é o Paraguai. O forte mesmo são perfumes, cosméticos, bebidas, parte alimentícia e roupas.

Mauá
Este foi o segundo freeshop inaugurado, e é o mais fraquinho de todos. Porém tem marcas que os outros não tem, como maquiagem Tigi, por exemplo. Foi lá que comprei meu HD externo de 1 terabyte de memória, por um preço que na época compensou bastante. E tem uma parte de roupas interessante. Fora isso, ele é pequenininho e vai ter um pouquinho de perfume, maquiagem, cosméticos, comida e bebida. Vale a pena passar pra dar uma olhada.

Duty Free Americas (DFA)
Este foi o último a ser inaugurado, no último dia 20. Fui lá no dia da inauguração - claro, a curiosidade era imensa! (rs) E valeu a pena, pois ele tem produtos diferenciados que não são encontrados nos outros dois. Mais amplo, é o mais bonito de todos e mais organizadinho. Não tem ainda as mesmas coisas que tem no de Rivera (por exemplo, maquiagem Chanel), mas tenho esperança que vá ter, pois uma vendedora mencionou que eles não tinham tido tempo ainda de expor várias coisas.

O que eu acho bom mencionar agora é que em termos de maquiagem está fraco, justamente por não terem exposto tudo o que eles têm - na verdade, só tinha maquiagem Revlon e L'Oreal. Mas a vendedora disse que eles tinham Lancôme, por exemplo, e que se eu soubesse exatamente o que queria da marca, ela trazia pra mim. Ou seja, vai ter outras coisas, temos que aguardar.

Outra coisa que eu achei bem legal são produtos de cuidados médicos e de fisioterapia, que eu não tinha visto nos outros. A parte de criança está bem legal, e pra quem gosta, a parte de roupa esportiva também. A parte alimentícia tem bastante coisa diferente dos outros. Enfim, foi um grande ganho para a cidade e para os consumidores! :)

Hoje em dia eu penso muito antes de ir pra Rivera justamente porque Aceguá está bem mais perto de Bagé, e a grande maioria das coisas a gente acha lá. Uma ou outra coisa não tem, mas agora com a vinda do DFA, acho que só tende a aumentar a variedade de marcas e produtos. Fora isso, a estrada que liga os dois municípios é super bonita, com a paisagem do Pampa por todo o caminho e sem curvas - uma viagem agradável com certeza, e uma ótima opção para os moradores da região.

Beijos!

Comentários

Denise Mercedes disse…
E as comprinhas para a YASMIM, não tem?
Queremos ver!!!!
Beijos!
Dáfni disse…
@Denise Mercedes

Kkkk... teve sim! Depois eu mostro o quartinho e falo o que comprei lá!

Beijos!
Toque Essencial disse…
QUe gostoso ter estas lojas pertinho....por mais que nao sejam lá muito completas.
Beijão e Feliz 2013 para vc e para a Yasmim!!
Andrea
Priscila B.P disse…
Que legal Dafni fiquei curiosa pra conhecer. Me tira algumas dúvidas : como vc paga? Qual a moeda que eles aceitam? Ou cobram? Os preços valem a pena mesmo? Obrigada!
Priscila B.P disse…
E como são as taxas? Tem limite de 500$ a receita aduaneira para a gente?
Camila Faria disse…
Você tem sorte de morar aí pertinho e ter acesso a essas lojas incríveis! Depois quero ver as comprinhas para a Yasmim também, viu???

Beijo!
Amandinha disse…
Oi Dafni!
feliz ano novo!!!!
ahhh mas que delicia morar perto de duty frees!!! que sonho! mas, eu iria a falencia!
beijos
amandinha
Dáfni disse…
@Amandinha

Obrigada, pra vc também!

De fato é uma super tentação! (rs)

Beijos
Dáfni disse…
@Camila Faria

É, alguma coisa de bom tem que haver por morar tão longe do resto do país... (rs)

Beijos
Dáfni disse…
@Priscila B.P

Então, vc pode pagar em reais, dólares ou até pesos, se não me engano. Eu uso bastante o cartão de crédito, porque lá não tem um banco de fácil acesso pra tirar dinheiro.

Para algumas coisas, como cosméticos, perfumes, bebida, vale MUITO a pena. O que vi que não vale a pena é, por exemplo, alguma coisas para criança, como as coisas da marca Avent. Mas em geral o preço das coisas é metade do que no BR.

Como é fronteira terrestre, a cota é só 300 dólares, mas quase nunca eu peguei fiscalização.

Beijos
Dáfni disse…
@Toque Essencial

É bom sim! :)

Obrigada, pra vc também!

Beijos
Anônimo disse…
Estive em Acegua, fiquei tão encantada que vou comprar algo e morar por lá, um lugar precioso, lindo,viajo bastante mas o ar de Acegua me conquistou.
Dáfni disse…
@Anônimo

O lugar ao redor é bonito, né?

Beijos

Postagens mais visitadas