Update da minha vida

Olás!

A foto acima foi tirada há alguns dias atrás, mostrando um pouco da bagunça da mudança... sim, me mudei para a minha casa em Foz do Iguaçu! Desde que cheguei aqui, estava vivendo de aluguel porque não havia vendido minha casa em Bagé. Então em abril concretizamos a venda da casa, e logo já costuramos um contrato de compra de uma casa que estávamos namorando... e deu certo! Em junho começamos uma grande reforma, que envolvia quebrar paredes, refazer telhado, refazer TODA a parte elétrica e encanamentos, pintura, pisos... enfim, muita, mas muita coisa. Era tanta coisa que eu achava que nunca ia terminar a reforma (rs), e de fato ela ainda não terminou: falta terminar a pintura da casa e outras coisas que não deu para fazer agora por falta de dinheiro mesmo. Mas o principal foi feito e a gente já está morando na casa, porque pagar aluguel e reforma ao mesmo tempo é complicado...

Tive a oportunidade de fazer novamente uma grande limpa nas minhas coisas, tanto da casa quanto pessoais (podem ter certeza que vai ter desapego logo!). Esta casa é bem menor que minha casa em Bagé, e menor que a casa que eu morava aqui de aluguel. Então tive que priorizar o que é importante, porque não há espaço para guardar um milhão de coisas... E foi assim que dei muita coisa, e fiquei com o que realmente acredito que vá usar! Só de roupa, foram 4 sacos de plástico de 30 litros, sem contar parte de cozinha, móveis, etc. Foi bom fazer isso, mas ainda não me sinto totalmente satisfeita, pois ainda acho que tenho MUITA coisa. Mas sabe quando você olha pra uma roupa e diz "ah, vou guardar, vai que eu emagreço e consigo usar?", e aí guarda a peça que, provavelmente, não será usada nunca? Então, acontece (rs). E acontece com um monte de coisas, apesar de eu ter me livrado de muitas outras. O bom é que meu guarda roupa ficou bem menor, com peças que estão em bom estado e 90% usáveis. Só não posso dizer o mesmo da minha coleção de maquiagem... (rs)

E nesta de arrumar tudo e separar o que ficar ou ir tive um pensamento que muitas vezes tenho quando estou neste processo: por que a gente guarda aquele vestido só para ocasiões especiais ou aquele sapato para usar "no dia de são nunca"? Por que não usar AGORA? E decidi que vou começar a usar mais as coisas "especiais", pois acho que a gente tem que viver o presente, e não esperar pelo futuro... tomara que eu consiga manter este pensamento!

Bom, e é por isso que estava ausente por tanto tempo, afinal reforma e mudança tomam muito tempo da gente, né? Eu realmente espero que esta seja a última mudança da minha vida...

E vocês, como estão?

Beijos!

Comentários

Suzana Alves disse…
Nossa Dáfni, primeiro quero dizer que fico muito feliz pela conquista de vcs!e de fato reforma é uma coisa demorada e chata, nossa casa em Maceió já sofreu umas três pequenas reformas nos últimos anos, optamos por fazer pequenas reformas primeiro pq como vc disse se gasta muito dinheiro nisso e segundo os transtornos são parcelados ahahaha. Essa coisa de usar o "especial" hoje ou não guarda tá entrando na minha cabeça agora pq antes eu guardava mesmo, hoje tô mais relaxada com isso e uso mesmo...estou ansiosa pelo desapego pq como já passou meu aniversário e o meu período de no buy, posso gastar com umas coisinhas, mas ainda tô no pensamento (bolsista capes) de só comprar o que realmente valer a pena. Abração pra vc e sua família!
p.s.: meu comentário ficou quase do tamanho do seu post. hahahha perdão.

Suzi.
Dáfni disse…
Que isso Suzi, adoro comentários longos! Dá a impressão que a gente não está num monólogo... :)

Sabe o que é pior? Que mais para o final do ano vou ter que consertar os banheiros, e um dia, pensamos em fazer um projeto para o quintal... aff, só de pensar me dá calafrios! (rs)

Olha, vai ter coisa legal no desapego, coisa que eu não uso e não adianta: tem que ir pra alguém que faça melhor proveito! E sim, usa hoje porque o amanhã a gente não sabe...

Beijos!
Andréa disse…
Olá Dáfni!! Fico muito feliz por você estar em sua casa... sim, reformas são um mal necessário (e eterno...rs), mas é outro gosto quando a bagunça é no que nos pertence, não é?
Eu mudei do ES para SP(aluguel) há 4 anos devido ao trabalho, mas ano passado nós voltamos para o ES... imagina a "zona de guerra" que se tornaram minhas coisinhas (pessoais, do marido e da casa + 2 pastores)... Confesso que até hoje esbarro com coisas que já havia dado como "falecidas" e até período de luto eu já havia feito...kkk. E os gastos com mudanças? Misericórdia!
Mas está ótimo! Plagiando a Dorothy nos livros de Oz: não há lugar como nosso lar, senti isto na pele.
Desejo tudo de bom para você e sua família neste recomeço de casa nova... e sem querer pressionar, já estou de olho para ver fotos do novo projeto do quintal...Yeihhhh... Grande beijo! Andréa.
Dáfni disse…
Oi Andréa!

Então, mudança pra mim é bagunça, dinheiro jogado fora, caos por pelo menos uns 6 meses... (rs) Mas ao menos esta eu acho que vai ser definitiva, então tem um gosto muito especial sim!

Vc acredita que eu tenho caixas de mudança de mais de 10 anos? (rs) Sério, tem coisas de trabalho que estão ainda em caixas porque não tinha armários adequados no escritório para guardar a papelada... espero que logo eu consiga me livrar!

Ah, o projeto do quintal nem está sendo gestado, porque realmente a gente gastou tudo que tinha e nos endividamos! (rs) Mas mostro sim quando tiver algo, provavelmente daqui uns 2 anos...

Beijos!
Jussy disse…
Que bacana! Coisa boa esse sentimento de conquista da casa neh!? É especial. Recentemente tb fiz uma limpa por aqui pq no final do ano sou eu a encarrar uma mudança (tentando ficar tranquila kk). Curta muito sua nova casinha! Bjoo
Belinha disse…
Desejo que em breve se livre da bagunça e do cansaço em organizar as coisas. E que aprenda a desapegar( pq tem coisas que não usamos, mas não conseguimos desapegar). Reformar é um caos, mas acho que vale a pena. É tão gostoso ter um banheiro novinho. Tomara que seja sua última mudança. Bjs
Dáfni disse…
Jussy, fica tranquila porque calma é o que mais vc vai precisar! (rs) E obrigada!

Beijos
Dáfni disse…
Oi Isa,

Então, vc acredita que não deu para reformar os banheiros? :( Ia sair muito além do nosso orçamento, então isso vai ficar para o final do ano, quando tivermos dinheiro...

Tomara mesmo, ou ao menos a próxima seja daqui uns 30 anos! (rs)

Beijos

Postagens mais visitadas